TV Portal

Novo editorial da Fundação Lemann mostra olhares de professores sobre a educação pública

Reprodução do Vídeo 

Hoje desperdiçamos gente no Brasil. Como mudar esse cenário?

Em um novo editorial da Fundação Lemann,  é apresentado a visão  de professores sobre a Educação Pública e a valorização das pessoas com forma de mudar o Brasil.


Na publicação digital da fundação  é destacado que: 3,7 milhões de bebês nasceram em 1995. Destes, 540 mil chegaram à faculdade na idade certa. Em 1999, foram 3,6 milhões de bebês e apenas 240 mil concluíram o Ensino Médio com aprendizagem adequada em Matemática. É menos de 7%. Um resultado que se repete e mostra que não estamos preparando nossas crianças e jovens para os desafios futuros."

E para mudar este contexto de desperdício de gente, a Fundação Lemann, todos os dias apostar em gente. Trabalhando com e por milhares de pessoas, parceiros e organizações para que mais gente tenha a oportunidade de se desenvolver, fazer a diferença e realizar grandes sonhos.


Gente que acredita no Brasil

Professor Amaral Barbosa é condecorado pelo ministro da Educação Rossieli Soares (Fotos: Divulgação)

Um dos convidados deste editorial é o professor  Amaral Barbosa, natural de Pedra Branca, sertão cearense.
Com grande êxito na educação municipal, o pedagogo, passou a levar para o Brasil, o nome de seu município e de sua terra natal Baixio, que tanto se orgulha.

Amaral, com uma visão empreendedora e movido por pelo amor a educação, fundou a Quality Consultoria Educacional, e através dela tem percorrido o país, com suas palestras e consultoria a estados e municípios. 
Coroando seu trabalho, o professor  pedrabranquense   foi condecorado com a 
Medalha da Ordem Nacional do Mérito Educativo, maior honraria da educação brasileira, recebendo a mesma das mãos do então Ministro da Educação Rossieli Soares, em dezembro de 2018

Confira um dos videos  do editorial da Fundação Lemann



Acesse a matéria completa no site da Fundação Lemann (aqui)


Portal de Noticias CE