TV Portal

Tuberculose é tema de webpalestra nesta quinta, dia 28



Nesta quinta-feira, 28, das 9h30min às 10h30min, a Secretaria da Saúde do Ceará realizará Webpalestra sobre Tuberculose. O profissional de saúde poderá tirar dúvidas sobre a doença com a Coordenadora do Programa da Tuberculose no Ceará, Sheila Santiago. Para assistir, clique aqui.
“É necessário uma atualização constante em relação à tuberculose. Precisamos detectar precocemente e tratar adequadamente, por isso o profissional de saúde tem que estar atualizado em relação à conduta do tratamento da doença”, destaca Sheila.
A webpalestra faz parte da programação referente ao Dia Mundial de Luta Contra a Tuberculose, celebrado em 24 de março. As atividades seguem até 4 de abril, quando encerrarão com uma palestra na Escola Mário Alencar. No dia 29 de março, haverá o Fórum Científico na Escola de Saúde Pública e no dia 1º de abril, a posse do Comitê Estadual de Controle da Tuberculose.
Diagnóstico e tratamento
A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível causada por uma bactéria que afeta prioritariamente os pulmões (tuberculose pulmonar), 90% dos casos é dessa forma. Existe também a tuberculose extrapulmonar que pode acometer outros órgãos e sistemas como ossos, rins, meninges, pleura, olhos.
O diagnóstico é através do exame de escarro que chama de baciloscopia. São coletadas duas amostras e essas amostras vão para o laboratório. O exame dando positivo, inicia-se de imediato o tratamento. O tratamento da tuberculose é gratuito, dura seis meses e pode ser feito em uma Unidade Básica da Saúde.
Tosse por mais de três semanas é um sinal de alerta. Procure um posto de saúde mais próximo da sua casa.
Luta contra tuberculose

Na última quarta-feira, 26, ocorreu a reunião para reinstalação da Frente Parlamentar pela Luta contra a Tuberculose na Câmara dos Deputados, em Brasília. A coordenadora do Programa da Tuberculose do Ceará, Sheila Santiago, esteve presente. O objetivo é combater o preconceito contra a doença e conscientizar a população sobre importância do diagnóstico e do tratamento adequado.

Fonte: Secretaria de Saúde