TV Portal

Projeto da Escola Profissionalizante de Palmácia leva alunos e professores para intercâmbio nos EUA



O projeto Curta a Língua, desenvolvido na Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Maria Giselda Coelho Teixeira, no município de Palmácia, realizou o primeiro intercâmbio com alunos e professores para os Estados Unidos. A viagem ocorre de 10 a 24 de março de 2019.
A iniciativa tem por objetivo objetivo desenvolver a habilidade comunicativa na língua inglesa por meio da aprendizagem cooperativa e da ludicidade.
As primeiras oficinas ocorreram no horário escolar destinado ao desenvolvimento de projetos interdisciplinares, em março de 2018, sob a orientação do professor Rildo Reis. Desde o princípio, havia o desejo de ultrapassar os muros da escola. Em junho daquele ano, por convite do Programa de Estímulo à Cooperação na Escola (Prece), parceiro da escola, professores e alunos participaram de um momento de formação que também contava com a participação de alunos e professores da escola estadunidense Pace Academy, da cidade de Atlanta, na Geórgia. O momento foi extremamente rico para o aprendizado da língua inglesa e dali surgiu, por intermédio da professora Kacy Brubacker, responsável pela vinda dos alunos americanos, o convite para que os membros do projeto participassem do mesmo intercâmbio e pudessem conhecer a rotina de uma escola americana.
O convite foi aceito e a proposta é que todos se hospedem em casas de família de pessoas ligadas à escola americana e que os alunos participem ativamente das diversas atividades escolares junto com estudantes da escola acolhedora. Além disso, os intercambistas terão a oportunidade de ensinar um pouco sobre nosso país aos alunos da Pace Academy.
A ação conta com parcerias da Pace Academy, do Programa de Estímulo à Cooperação na Escola (Prece), da Secretaria da Educação (Seduc), da Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede) 8, da Câmara Municipal de Palmácia, da Prefeitura Municipal de Palmácia e da comunidade escolar.
Assessoria de Comunicação da Seduc