TV Portal

DCTD apreende quatro armas de fogo e drogas em imóvel na Caucaia



Uma ação da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) da Polícia Civil do Estado do Ceará, nessa terça-feira (26), resultou na apreensão de quatro armas de fogo que estavam escondidas em um imóvel, dentre elas, uma metralhadora artesanal calibre 380 de uso restrito. O armamento foi encontrado no bairro Picuí, na Caucaia, Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11), onde os policiais civis também localizaram maconha e munições. A proprietária do imóvel foi presa em flagrante.
Por meio de uma denúncia anônima repassada para a equipe de investigadores da DCTD, os policiais chegaram ao alvo para averiguar as informações de que na casa havia droga escondida no quintal. Ao chegarem ao endereço informado, os agentes encontraram a residência fechada, mas a proprietária chegou em seguida e permitiu a entrada dos policiais. Durante as buscas, no quintal, foram localizadas uma pistola calibre .40, uma espingarda calibre 12 e um balde com parte de um tijolo de maconha, uma balança de precisão, dezenas de embalagens plásticas, um revólver calibre 38, uma metralhadora artesanal cal. 380 e mais de 50 munições de diversos calibres.
A Mulher presa tem (41) anos e não tem antecedentes. Ela foi levada para a sede da DCTD, em Fortaleza, onde foi instaurado um inquérito policial para apurar a procedência do material apreendido. Ela foi autuada em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, tráfico e associação para o tráfico de drogas.
A Polícia Civil segue investigando o fato criminoso com o intuito de identificar outros envolvidos, bem como elucidar crimes que tenham sido praticados com a utilização do arsenal apreendido.
Denúncias
A população pode colaborar com os trabalhos investigativos repassando informações que tenha conhecimento sobre o tráfico de drogas e de suspeitos que tenham envolvimento na atividade ilícita. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3472-1550, da DCTD, ou ainda para o número (85) 98895-5749, que é o WhatsApp da Divisão, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.
Fonte: SSPDS