TV Portal

Ceará registra em fevereiro maior queda em mortes violentas em dez anos


Com o melhor resultado desde 2009, o Ceará registrou no mês de fevereiro uma redução de 54,8% nos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI), que abrange homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. Os números positivos também foram alcançados em todas as regiões do Estado, o que resultou no total de 198 vidas salvas. Em fevereiro de 2018, foram 361 vítimas. Já no mês passado, esse número caiu para 163. No acumulado de janeiro a fevereiro em dez anos, esta é a melhor redução na série histórica do Estado.
A maior diminuição em fevereiro ocorreu na Região Metropolitana da Capital, com uma queda de 65,4%, passando de 104 casos para 36. Em seguida veio Fortaleza, com uma redução de 55,4%, diminuindo de 121 para 54, o que correspondeu a uma média diária abaixo de duas vítimas por dia em Fortaleza.
No Interior Norte, no segundo mês do ano passado, foram registrados 69 CVLIs e esse número baixou para 36, em fevereiro último, o que correspondeu à diminuição de 47,8%. Já no Interior Sul, a queda foi de 44,8%, passando de 67 para 37 crimes. Todas as estatísticas são geradas pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), vinculada à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).
“É um resultado que nos anima e é fruto de um trabalho integrado entre várias forças, não somente da segurança pública, mas também do Sistema Penitenciário, Ministério Público e Poder Judiciário. E esses dados nos trazem uma grande responsabilidade também que é continuarmos trabalhando firmemente para manter esses índices ainda mais baixos e cada vez mais aceitáveis”, destacou o secretário da SSPDS, André Costa.

Acumulado do ano

No acumulado dos dois primeiros meses do ano de 2019, a queda nas estatísticas de mortes violentas foi de 57,9%, com 488 vidas salvas. O número que era de 843, na soma de janeiro e fevereiro do ano passado, caiu para 355 neste ano.
Na Região Metropolitana, somando os meses de janeiro e fevereiro, a redução no acumulado dos CVLIs, foi de 65,6%, passando de 256 para 88. Em Fortaleza, o número que era de 285 reduziu para 105, correspondendo à queda de 63,2%. No Interior Norte, janeiro e fevereiro deste ano contabilizaram uma queda de 50,6%, caindo de 156 para 77. Por último, no Interior Sul, a redução foi de 41,8%, indo de 146 vítimas para 85.
Por último, o Estado não contabilizou nenhuma morte violenta no interior de unidades prisionais neste ano de 2019.
“Apesar da grande redução, ainda não estamos satisfeitos. Precisamos melhorar cada vez mais e buscar números ainda mais inferiores. Isso é um grande desafio, mas com muita responsabilidade, respeito às pessoas, e sempre trabalhando de maneira transparente, acredito que proporcionaremos tranquilidade a toda população do Estado do Ceará”, finalizou Costa.
Fonte: Ascom SSPDS