TV Portal

Anatel bloqueará celulares piratas nos 15 estados restantes neste domingo,incluindo o Ceará



O bloqueio de celulares piratas será ampliado a mais 15 estados no próximo domingo (24). A medida já estava prevista como a última etapa do projeto Celular Legal e foi confirmada pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

Os celulares que foram habilitados a partir de 7 de janeiro de 2019 e que não têm um número IMEI registrado no banco de dados da GSMA, a associação global de operadoras móveis, deixarão de funcionar nos estados apontados pela agência.

Entre eles, estão São Paulo, Minas Gerais, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Amazonas, Roraima, Pará e Amapá. Segundo a Anatel, os donos de celulares irregulares receberam avisos sobre o bloqueio por SMS desde 7 de janeiro.

O processo de inutilizar celulares piratas vem ocorrendo há meses nos demais estados brasileiros. A primeira etapa ocorreu em maio de 2018 com aparelhos em Goiás e Distrito Federal. Em dezembro, foi a vez da segunda etapa.Nela, a Anatel bloqueou celulares em mais dez estados: Rio de Janeiro, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Rondônia e Acre. A agência bloqueou 244 mil celulares até o momento.

Desde fevereiro de 2018, quando o Celular Legal estava em sua primeira etapa, mais de 531 mil avisos foram enviados a celulares piratas. Em São Paulo, por exemplo, foram identificados cerca de 50 mil acessos irregulares.

Os celulares produzidos por empresas como Xiaomi e Huawei não têm homologação da Anatel, mas não serão afetados com o bloqueio. Eles estão registrados no banco de dados da GSMA, e continuarão funcionando normalmente.

Caso você tenha recebido o aviso sobre o bloqueio, a recomendação da Anatel é procurar a empresa ou a pessoa que vendeu o aparelho e reivindicar seus direitos como consumidor.


Fonte: tecnoblog.net