TV Portal

Agricultores recebem 450 matrizes caprinas em Independência

Nem mesmo a chuva foi capaz de dispersar a satisfação dos agricultores de Independência, no Sertão de Crateús. Para eles, como a todo bom homem do campo, água caindo do céu é sinal de boas notícias. A esperança com os resultados do plantio, porém, deu espaço para a alegria de receber em seus currais, neste sábado (16), apoio para alavancar a produção de leite e derivados em oito comunidades do município fruto do Projeto Projeto de Fortalecimento da Caprinocultura do Governo do Ceará.
A comunidade de Várzea do Toco fez festa com a chegada das 450 matrizes caprinas e de 30 reprodutores garantindo alternativa também aos agricultores de Santa Luzia, Muleque, Boa Esperança, Sabonete, Iapi, Mutuca e Bispado. Por meio do trabalho da Coordenadoria de Apoio às Cadeias Produtivas da Pecuária (COAPE), da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), foram investidos nesta ação R$ 258.877,20.
“Só tenho a agradecer ao governo por poder ter a oportunidade de trabalhar para ter mais qualidade para consumir o leite dentro de casa e vender”, comenta José Marcos, morador de Santa Luzia. Como ele, outros produtores receberam 15 matrizes mestiças caprinas e um reprodutor (investimento de R$ 8.592,50 por beneficiário), além de ter assegurada a assistência técnica e capacitações.
De acordo com o responsável pela COAPE, Márcio Peixoto, em breve as comunidades serão contempladas com um tanque de resfriamento do leite para aumentar a produção bem como assegurar o bom manejo dos agricultores. “Nós da SDA acreditamos que a caprinocultura é a saída para o homem do sertão. Por isso vamos fazer capacitação com vistas à qualidade na produção principalmente manejo na hora da ordenha”, destaca.
Filho de agricultor e engenheiro agrônomo, o prefeito Valdi Coutinho reconhece o significado da chegada das matrizes ao município. “É uma saída para o desenvolvimento da nossa região. Além dos nutrientes presentes no leite de cabra, indicado para crianças e idosos, a chegada das matrizes é garantia de economia, pois o que consome uma vaca é possível alimentar sete cabras como estas. São muitos os benefícios e, por isso, nós só temos a agradecer ao governador Camilo Santana e ao secretário De Assis Diniz.”
“O sucesso deste projeto é fruto da parceria entre o Governo do Ceará e o executivo municipal com vistas a apoiar sempre nossos agricultores na geração de alternativas para além daquilo que se planta à espera da chuva”, reconhece o chefe de gabinete da SDA, Jerônimo Nascimento.
Participaram do evento ainda o superintendente do IDACE, José Wilson Gonçalves, e os vereadores Mauro Rodrigues, Alex Pacífico, Cardia Coutinho e Bezim Cavalcante.
Ascom | SDA  Erivelton Celedônio