TV Portal

Forças de Segurança capturam 110 pessoas por envolvimento em crimes registrados no Ceará

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que 110 pessoas já foram capturadas por envolvimento nas ações criminosas no Ceará. No total, até agora, foram 76 presos e 34 adolescentes apreendidos. Na madrugada deste domingo (6), dois suspeitos, ainda não identificados, morreram, após trocarem tiros com a Polícia Militar, no bairro Granja Portugal.
O fato aconteceu após os suspeitos tentarem atear fogo em um posto de atendimento do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Foram apreendidos coletes balísticos, um revólver calibre 38, munições deflagradas, coquetéis molotovs, galões de combustíveis, e um veículo. Um policial foi lesionado na mão, mas não corre risco de morte. Na quinta-feira (03), um suspeito também foi morto após atirar contra uma equipe policial, que foi atender uma ocorrência de dano a um fotossensor, na CE-010, no Eusébio.
Entre as autuações, está ainda a de um suspeito, preso em flagrante, pela venda irregular de combustíveis a grupos criminosos. Um caminhão-tanque foi apreendido e o homem foi encaminhado para a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). De acordo com as apurações, o suspeito vendia cada galão de gasolina a R$ 70.
Operações em Fortaleza e RMF
A SSPDS e sua vinculada Polícia Militar do Ceará (PMCE) seguem com a operação, iniciada desde sexta-feira (04), no interior dos coletivos da Grande Fortaleza. Neste domingo, são 136 ônibus na Capital com policiais militares dentro dos veículos; e 21 veículos na Região Metropolitana, seguidas por equipes de motopatrulhamento. A iniciativa foi articulada com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), que informou os principais itinerários a serem acompanhados. Parte dos novos 373 policiais recém-nomeados na quarta turma do último curso da PM está atuando nos coletivos. Serão três policiais militares fardados dentro de cada coletivo, nas 109 linhas da Capital. A partir de meia-noite, 20 linhas de ônibus “corujões” são escoltadas por viaturas da Polícia Militar em Fortaleza, visando inibir ações criminosas contra os veículos de transporte de passageiros.
Outra medida para inibir as ações criminosas são as operações com blitze da Polícia Militar do Ceará. São 20 barreiras montadas em bairros e avenidas estratégicas da Capital com mais de 100 profissionais de segurança empregados.
Casos registrados
Não houve registro de feridos nas ocorrências registradas no Estado desde a madrugada deste domingo. Aconteceram registros de ações criminosas em Fortaleza e em 11 cidades.
Denúncia
A população pode contribuir repassando informações que ajudem nas prisões e apreensões de criminosos. As denúncias podem ser feitas pelo 181, que é o número do Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). O sigilo é garantido.
Fonte SSPDS