TV Portal

SDA conclui implantação de 1.209 cisternas de placa e já planeja entregar mais 4 mil

A Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), através do Projeto Paulo Freire, concluiu a implantação 1.209 cisternas de placa e 21 cisternas escolares em 30 municípios cearenses e iniciou a construção de outras 4 mil cisternas para consumo das famílias e40 cisternas escolares. “O plano agora é avançar na garantia do abastecimento humano nas comunidades extremamente pobres mapeadas pelo projeto e nos preparamos para o período mais seco do ano, assegurando a convivência com o semiárido ao homem e a mulher do campo”, pontua o secretário do Desenvolvimento Agrário, Francisco de Assis Diniz.
Após a entrega das cisternas, quatro equipes técnicas do Paulo Freire visitam as comunidades atendidas com Estações de Tratamento Móveis (ETAs móveis). O equipamento, adquirido com o governo de Israel, é responsável pelo tratamento d´a água captada a partir em mananciais públicos e, a partir de carros-pipa adquiridos pelo projeto, realizam a primeira recarga das cisternas: garantindo o abastecimento humano até o próximo período chuvoso.
“As cisternas de primeira água tem a sua primeira carga realizada pelas Estações de Tratamento Móveis e isso tem garantido a qualidade hídrica para o consumo das famílias beneficiadas. Esse sistema de tratamento é seguro e tem impacto direto na saúde das famílias beneficiadas”, pontua a coordenadora do Projeto Paulo Freire, Íris Tavares.
A implantação de cisternas de placa em 600 comunidades rurais foi uma solicitação de diversos movimentos sociais com o objetivo de universalizar a política pública na área de atuação do Paulo Freire. Com a implementação de 126.817 cisternas de placa, 13.455 cisternas de enxurrada, 1.311 barragens subterrâneas e 40. 021 cisternas de polietileno, somente através da SDA, em parceria com os movimentos sociais, o Ceará é um dos líderes do ranking da execução política pública em todo Nordeste.
“A cisterna, como todos nós sabemos, é um instrumento transformador na vida das famílias do semiárido brasileiro”, pontua a coordenadora do Centro de Estudos do Trabalho e Assessoria ao Trabalhador (Cetra), Cristina Nascimento.
Em relação à construção das demais 4 mil cisternas de placa e 40 escolares, a SDA esclarece que o segundo contrato para instalação de cisternas na área de atuação do Projeto Paulo Freire se encontra em execução. Hoje, as três entidades selecionadas por meio de edital público para implantação da tecnologia social realizam visitas de campo para identificação das famílias a serem atendidas.
As próximas fases incluem a mobilização e capacitação dos beneficiários, a entrega do material e a construção, além da medição e abastecimento das cisternas pela equipe das ETAs móveis. As entidades executoras do edital são as seguintes: Associação Cristã de Base (ACB), Cealtru, Cetra e Fetraece.
André Gurjão