TV Portal

Polícia Civil captura dois suspeitos envolvidos em tentativa de latrocínio contra delegado em Fortaleza

Duas pessoas foram capturadas, em uma operação desencadeada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), sob suspeita de participação na tentativa de latrocínio contra um delegado, ocorrida no sábado (03), no bairro Joaquim Távora – Área Integrada de Segurança (AIS 10) de Fortaleza. 
A apreensão de uma adolescente e a prisão de um suspeito ocorreram em pontos distintos em Messejana (AIS 03). Participaram equipes da 11ª delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Unidade Tático-Operacional (UTO), além dos Departamentos de Polícia do Interior Norte (DPI-Norte), de Polícia da Capital (DPC) e de Inteligência Policial (DIP).
A primeira a ser localizada foi uma adolescente de 14 anos, que buscou atendimento no Frotinha da Messejana (AIS 03), após ser lesionada na troca de tiros com o profissional de segurança. A partir da apreensão da menor, os policiais saíram em diligência em busca dos demais envolvidos. O maior de 30 anos – que já responde por roubo, furto qualificado, estelionato e crime contra a administração pública – foi preso na comunidade Maria Tomásia, ainda em Messejana.
Quando percebeu a chegada da Polícia, o acusado tentou fugir pulando os muros de diversas residências, mas ele foi contido no telhado de uma igreja evangélica da região. Durante as diligências, as equipes apreenderam um capacete com marca de sangue, aparelhos celulares e um colete utilizado pelo criminoso. Os materiais foram encaminhados a Pericia Forense do Estado do Ceará onde serão periciados.
Os procedimentos foram realizados no DHPP e na sede da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). Os dois suspeitos foram indicados por latrocínio – na modalidade tentado – e associação criminosa. O maior também foi indiciado por corrupção de menor. A Polícia Civil agora trabalha para identificar o envolvimento dos suspeitos em outros crimes, bem como permanece com as diligências visando localizar outros dois adolescentes partícipes já identificados.
O crime
O delegado estava em um veículo de transporte de passageiros, quando percebeu a ação criminosa de quatro pessoas, em duas motos. Ele reagiu aos criminosos, que estavam armados, e foi lesionado. A adolescente apreendida, que estava em uma das motos, também foi atingida. O fato aconteceu no bairro Joaquim Távora e o profissional de segurança foi socorrido no próprio veículo para uma unidade de saúde. O delegado já recebeu alta médica.
Índice de resolutividade da 11ª delegacia da DHPP
Criada em 2017, com o objetivo de investigar crimes contra profissionais de segurança, a 11ª delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) atingiu, de janeiro a outubro de 2018, um índice de resolutividade de 93,1% dos crimes em 2018. Dos 29 inquéritos policiais instaurados neste ano, 27 tiveram autoria delitiva identificada.
Dos crimes de homicídio, foram nove consumados e 10 tentados. Já os inquéritos por latrocínio, se dividiram em um caso consumado e nove tentativas. Em porcentagem, o índice de resolutividade aponta para 90% de elucidação dos crimes na modalidade consumada; e 94,7% dos delitos tentados.
Os procedimentos foram realizados no DHPP e na sede da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). Os dois suspeitos foram indicados por latrocínio – na modalidade tentado – e associação criminosa. O maior também foi indiciado por corrupção de menor. A Polícia Civil agora trabalha para identificar o envolvimento dos suspeitos em outros crimes, bem como permanece com as diligências visando localizar outros dois adolescentes partícipes já identificados.
O crime
O delegado estava em um veículo de transporte de passageiros, quando percebeu a ação criminosa de quatro pessoas, em duas motos. Ele reagiu aos criminosos, que estavam armados, e foi lesionado. A adolescente apreendida, que estava em uma das motos, também foi atingida. O fato aconteceu no bairro Joaquim Távora e o profissional de segurança foi socorrido no próprio veículo para uma unidade de saúde. O delegado já recebeu alta médica.
Índice de resolutividade da 11ª delegacia da DHPP
Criada em 2017, com o objetivo de investigar crimes contra profissionais de segurança, a 11ª delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) atingiu, de janeiro a outubro de 2018, um índice de resolutividade de 93,1% dos crimes em 2018. Dos 29 inquéritos policiais instaurados neste ano, 27 tiveram autoria delitiva identificada.
Dos crimes de homicídio, foram nove consumados e 10 tentados. Já os inquéritos por latrocínio, se dividiram em um caso consumado e nove tentativas. Em porcentagem, o índice de resolutividade aponta para 90% de elucidação dos crimes na modalidade consumada; e 94,7% dos delitos tentados.
SSPDS