TV Portal

Polêmica - Campeonato de Futebol de Pedra Branca vai parar na justiça após expulsões de equipes



O que era para ser somente festa, o campeonato de Futebol de Pedra Branca, pode acabar de uma forma inesperada,  com muita polêmica e na justiça. 
Tudo isto, por quer,  as equipes do Flamengo, uma das mais tradicionais do futebol local e o Juventude, uma equipe que vem em ascensão, que jogaram  no último sábado (17),  empataram em  zero à zero. 
Com o resultado, os dois times se classificaram,  com 5 pontos cada, desclassificando as equipes do Santa Maria,  com  4 pontos e Gaviões com  1 .
A liga desportiva teria discordado do resultado e acusa as equipe de  combinado resultado, o presidente, João Filho, chegou a comunicar no rádio, que aconteceria uma reunião com os 16 dirigentes das  equipes participantes da competição  e  os 5 membros da liga, na manhã da última quarta-feira (21), para tratar do assunto e das expulsões.
Dirigentes convocados para a reunião, que não aconteceu 
A reunião que tava marcada para a Câmara Municipal, não aconteceu, pois não apareceu nenhum membro da liga, conforme os próprios diretores das equipes,  os mesmo ainda se mostravam contra a suposta expulsão, como apurou nossa reportagem.


Mesmo sem a reunião, a direção da Liga Desportiva, optou por excluir as esquipes do campeonato.
O oficio foi entregue na ultima terça (20),  informado a punição, aos dirigentes das duas equipes,  que procuraram advogados, estes por sua vez, solicitaram da Liga  o estatuto que rege o grupo, pois o regulamento da competição, os advogados já se encontra com eles em mãos.  
O problema é que no endereço citado como sendo da liga, funciona uma  biblioteca do município e o presidente  ainda não foi encontrado.

As partes prejudicadas, alegam estarem sofrendo questão de rivalidade do futebol, tendo em vista, que os membros da liga pertenciam a direção de clubes, que também disputam o campeonato, os mesmos acreditam que estejam  sofrendo também perseguição política.

O prefeito do Município, Antonio Gois, foi ao rádio, onde se abstendo da polêmica, disse que as decisões cabe somente a liga desportiva.      

Procurado pela nossa reportagem,  as esquipes  disse que não querem o cancelamento da competição, eles  estão cobrando que o resultado seja mantido, pois foi conquistado dentro do campo, e que não houve combinação de resultados. Lembraram ainda, que, no mesmo grupo, houve outros dois empates, entre: Juventude e Santa Maria,  Flamengo e Gaviões.

Nossa reportagem tentou contato via telefone com o presidente da liga, mas,  até a publicação da matéria, não obtivemos êxito.

Portal de Notícia CE