TV Portal

Ceará registrou 33 mil assassinatos nos últimos 10 anos



A disseminação das facções acirrou uma briga na periferia, que já resultou em milhares de mortesFOTO: KLÉBER A. GONÇALVES


A cada dia, pelo menos nove pessoas são mortas no Ceará. Por semana, são 63 casos. Por mês 252; por ano 3.024. A média de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs), na última década, demonstra a alta taxa de letalidade no Estado. De janeiro de 2009 até setembro deste ano, 33 mil pessoas foram assassinadas. Estatísticas da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) apontam para uma violência, cada vez mais grave, a despeito de altos e baixos nos índices.

arte
Auge
Dos 33 mil Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), cerca de 25 mil aconteceram nos últimos cinco anos. O auge da violência atingiu o pico em 2017, quando foram contabilizados 5.133 casos. Quanto mais as facções criminosas se alastravam pelas Cidades, mais a sociedade percebeu viver em um cenário de guerra civil. No entorno de residências e comércios, trancas, muros altos, cercas elétricas, câmeras e vigilância armada. A população aprendeu a se proteger para sobreviver.

Matéria completa no Diário do Nordeste