TV Portal

Irmã de vigilante encontrado morto em Tauá, falece após passar mal no velório


Tauá - Faleceu na noite desse domingo (21), em Fortaleza, a vendedora Leilane Julião da Silva,44 anos.
Ela era irmã do vigilante Cicero Rondinele Julião da Silva, conhecido como Dedé Julião, que praticou o suicídio na manhã do sábado,20, nas dependências da Escola Liceu Lili Feitosa.
Leilane estava participando do velório do irmão, nesse domingo, quando passou mal e foi socorrida para a Upa e em seguida para o Hospital Dr.Alberto Feitosa.
O estado de saúde se agravou e foi providenciada a transferência para Fortaleza, mas ela não resistiu vindo a óbito, no Hospital de Messejana.
A mesma foi vitima de um infarte.
 Outros familiares também chegaram a passar mal e tiveram que ser medicados.O corpo de Dedé Julião foi sepultado na tarde desse domingo.
Leilane era funcionária da Loja Agamenom Variedades.

Já o vigilante   Cicero, era funcionário da empresa Servis,
que é responsável pela vigilância da Escola Liceu Lili Feitosa.
O mesmo foi encontrado sem vida no inicio da manhã do último sábado, 20, com um tiro à altura da cabeça.
Ao lado estava a arma utilizada pelo vigilante, um revólver da marca Rossi, que pertencia a empresa Servis.
O revólver foi encontrado com 05 munições intactas e uma deflagrada.
As informações que foram apuradas pela policia é que Dedé Julião estava de serviço e recebeu a visita da sua esposa que foi deixar a merenda.Logo em seguida a mulher ligou para os irmãos dele informando que o mesmo estava se comportando de forma estranha e os irmãos foram até o local, já o encontrando sem vida.
A Policia Militar foi acionada e em seguida também foi acionada a Policia Civil, como também integrantes da Guarda Civil Municipal e Pró-Cidadania.
O rabecão foi acionado para fazer a condução do corpo para o IML de Tauá.
Blog do Edy