TV Portal

Instituto Centec inaugura laboratório de Panificação e Confeitaria no CVT Quixeré



A partir desta quarta-feira (17), a população de Quixeré e de municípios da região do Baixo Jaguaribe contam com um novo espaço para qualificação profissional na área de alimentos. O Instituto Centec inaugurou, na tarde de terça-feira (16), o novo laboratório de panificação e confeitaria do Centro Vocacional Tecnológico (CVT) Quixeré, com a presença dos diretores da instituição, autoridades locais e cidadãos quixereenses. A unidade de processamento básico de alimentos representa um investimento de cerca de 55 mil reais em equipamentos e 29 mil em reformas na infraestrutura, utensílios e insumos, com recursos do Instituto Centec, da Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece) e Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

O presidente do Centec, Silas Alencar, ressalta que outros cursos na área de alimentos poderão ser oferecidos na unidade. “Os alunos poderão adquirir uma formação básica, mas o nosso desejo é de trazer módulos mais específicos na área da Gastronomia e ampliar as oportunidades para a população, não só de Quixeré, mas de toda a região. Esta é só a primeira semente”, disse. Ele lembrou, ainda, que a Fatec Sertão Central está com inscrições abertas para o curso técnico em Panificação.

O diretor de Extensão Tecnológica e Inovação, Hermínio Lima, também prestigiou a solenidade. "Este laboratório, juntamente com outros equipamentos instalados no CVT Quixeré, como a videoconferência, possibilitará ampliar as modalidades de capacitação tecnológica da população de toda a região, através de oficinas, cursos à distância,  palestras e conferências com diversas instituições do estado e do país, contribuindo para a geração de emprego e renda o desenvolvimento regional" explica.

Segundo a coordenadora do CVT, Elvirene Ferreira, o laboratório contribuirá para melhorar a qualidade dos produtos e serviços ofertados na região. “Em Quixeré, por exemplo, não temos sequer um self-service. Com o início da oferta de cursos nesta área, esperamos fortalecer a cadeia produtiva na área de alimentos - como lanchonetes, padarias e restaurantes - capacitando as pessoas para que os alimentos produzidos e comercializados na região tenham melhor qualidade. É imprescindível capacitar pessoas que já trabalham na área, mas nunca fizeram nenhum curso e àquelas que querem criar um negócio próprio, incentivando o empreendedorismo e a economia criativa”, comemora. Ela agradeceu a parceria da Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores, instituições que foram representadas no evento pelo secretário municipal de educação Miecio Almeida e pelo vereador Cleudo Honorato.
O curso de Panificação do CVT já começou na segunda-feira (15) e Leandro Sousa, de 30 anos, é um dos alunos mais empolgados. “Eu trabalho organizando grupos de quadrilha e também vendo drinks. Espero com este curso, oferecer novos opções nas barraquinhas de comida. Já fiz aqui no CVT uma oficina de empadas que já estou colocando em prática. Já tivemos aulas de empreendedorismo e ética e achei importantíssimo e vai me ajudar em diversas áreas da minha vida”, disse ele. Além do curso de panificação, com 120 horas aula, estão em andamento no CVT Quixeré, capacitações em libras, operador de computador e secretariado básico, todos gratuitos para a comunidade.

Centec