TV Portal

Estudantes poderão consultar resultado do Encceja ensino médio em 12 de novembro


Estudantes poderão usar a nota para participar do SiSU ou contratar Fies e Prouni



Está prevista para 12 de novembro a divulgação dos resultados do Exame Nacional para Certificação de Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) relativos ao Ensino Médio. Compareceram ao exame 789.484 participantes. O número corresponde a 46,6% dos 1.695.607 de inscritos - 1.339.281 buscavam a certificação do ensino médio e 356.326, do ensino fundamental.
Manoel Nogueira Pereira Júnior, de 30 anos, está entre os participantes da edição 2018 que aguardam o resultado com expectativas positivas já que busca a certificação do Ensino Médio. “Foi a primeira vez que participei. Tive alguma dificuldade em matemática mas, no geral, fui bem em quase todas as disciplinas”, avalia.
Para se preparar, recorreu a um curso EJA presencial e contou com a orientação dos professores. “Foram todos bem atenciosos, tiraram as dúvidas e estiveram sempre à disposição. Além das aulas e dos módulos, também busquei apostilas para complementar os estudos”, pontua. O próximo passo é ingressar no curso técnico que está ligado à área em que atua. “Quero fazer curso técnico em Logística. Já trabalho na área, em uma empresa do ramo de transportes. Então, quero dar continuidade”, planeja.
Com a nota do Encceja, será possível ingressar no ensino superior por meio de programas do Governo Federal que também são válidos para estudantes que terminaram o ensino médio no tempo regulamentar. Com o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), é possível se candidatar às vagas de universidades e institutos públicos do país.
Já o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa Universidade para Todos (Prouni) são contratados para a graduação em cursos não gratuitos de instituições privadas. A diferença está na forma de contrato: o Fies trata-se de um empréstimo estudantil, em que o estudante deverá devolver o valor aos cofres públicos, em geral com o acréscimo de juros, e o Prouni é um programa de bolsa de estudo parciais (50%) ou integrais (100%).
Ensino fundamental                                                                                                     
Os participantes que alcançarem um bom desempenho no Encceja do Ensino Fundamental poderão adquirir a certificação e seguir para a próxima etapa. “Gostei bastante da prova, achei fácil. Se eu conseguir a certificação, seguirei para o ensino médio em caráter regular. Vou estudar com o objetivo de fazer um curso superior”, sinaliza o estudante Levi dos Santos Francisco, de 16 anos, que ainda avalia qual graduação irá cursar. O resultado do Ensino Fundamental está previsto para ser divulgado em 10 de dezembro.
Certificação e proficiência
Um dos benefícios do Encceja é a possibilidade de adquirir a certificação antes do término do respectivo nível de ensino. Para isto, é necessário alcançar um conjunto de requisitos: mínimo de 100 pontos em cada área do conhecimento, mais de cinco pontos na redação, além da nota mínima em linguagens e códigos e suas tecnologias (ensino médio) ou em língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes e educação física (ensino fundamental).
O estudante também pode adquirir a declaração parcial de proficiência, caso alcance a nota mínima em uma das quatro provas ou em mais de uma (mas não em todas).
Encceja 2018
O Encceja é aplicado a estudantes da modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), que cursaram ou estão cursando a educação básica fora da idade e do tempo regulamentar. As provas do Encceja 2018 foram realizadas em 05 de agosto, de forma antecipada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) a fim de garantir a divulgação do resultado ainda no último trimestre do ano.
Houve duas aplicações nacionais e duas no exterior: ambas incluíram a modalidade PPL, específica para pessoas com restrição de liberdade ou que cumprem medidas socioeducativas. No Brasil, o Encceja PPL recebeu 80.683 inscrições - 71.115 do sistema prisional e 9.568 do sistema socioeducativo.

Tunísia Cores - Ascom Educa Mais Brasil