TV Portal

Educação bilíngue: aprender um segundo idioma ainda criança é a melhor opção


Em uma escola bilíngue a criança cresce fluente no inglês




Qual a melhor idade para aprender uma língua estrangeira? Aprender dois idiomas ao mesmo tempo é ruim? Indagações como essas sempre estão presentes quando a pauta é o ensino bilíngue. Com o mercado de trabalho mais competitivo e a globalização, é comum que os pais queiram preparar seus filhos desde cedo para o futuro. Matriculá-los em um colégio de ensino bilíngue pode ser uma das alternativas.
O bilinguismo infantil ainda é pouco compreendido e visto com enorme cautela. Devido à falta de familiaridade e de conhecimento sobre essa forma de ensino, pais e educadores muitas vezes temem consequências negativas da exposição das crianças a duas línguas desde cedo. Porém, estudar um segundo idioma na infância estimula as funções cognitivas das crianças, o que é extremamente positivo para o aproveitamento das outras disciplinas na escola.
É importante lembrar que o ensino de inglês infantil deve deixar de lado as pressões do uso do idioma e investir em atividades divertidas que estimulem o interesse da criança. Um aprendizado prazeroso possibilita um maior e mais rápido desenvolvimento no inglês, principalmente quando a escola trabalha o novo idioma a partir de um ano de idade, como é o caso da Creche Escola Bilíngue Baruque, parceira do Educa Mais Brasil.
“A partir de um ano, a criança já começa a ser inserida em um novo idioma. Elas não conseguem entender muita coisa, mas a professora começa a mostrar figuras e falar com eles apenas em inglês para que eles passem a assimilar aos poucos a nova língua. A gente trabalha tudo de uma forma muito lúdica, através da culinária, da recreação, do artesanato e da música. Mas eles também têm cinquenta minutos de aula, todos os dias, onde eles aprendem em inglês todas as matérias do currículo escolar”, explica a coordenadora Cassia Conceição.
Quando uma pessoa começa a estudar inglês na infância é bem provável que chegue fluente à vida adulta. Ter o inglês fluente não só abre diversas portas no mercado de trabalho, como possibilita a interação com pessoas de diferentes culturas. Um criança que aprende inglês de forma dinâmica e adequada tem tudo para ser um adulto bem sucedido profissionalmente.
Todas as crianças são capazes de aprender duas línguas ou mais na infância, desde que contem com suficiente exposição a elas em contextos linguísticos variados. “Crianças de um a três anos aprendem o inglês através das cores e do teatro aqui na escola. A partir dos 6 anos, através da escrita, com oito, através da leitura e com dez anos elas são alfabetizadas”, conta a diretora da Escola Bilíngue New Generation, instituição parceira do Educa Mais Brasil.
“É grande a diferença de quem aprende o inglês na infância e na vida adulta. Aqui na escola eu já percebo a diferença da criança que tem o convívio com inglês desde um ano, para a que começa a aprender a partir dos dez anos. Nem sempre o aluno se interessa pelo inglês e enxerga isso como uma coisa prazerosa. E quando se aprende desde pequeno, o aprendizado acontece de uma forma totalmente natural”, finaliza Solange.
Cuidados
É preciso observar alguns aspectos na hora de trabalhar dois idiomas nas escolas. Primeiro, para matricular uma criança em uma escola bilíngue, a instituição precisa ter valores e filosofias com quais os pais se identifiquem. Depois é preciso checar a proficiência dos professores e o número de horas que a criança ficará exposta a outra língua e, por fim, observar se o aluno está realmente adquirindo proficiência na língua.
Quer matricular o seu filho em um escola bilíngue?
Se você também acredita que a fluência em outro idioma é de extrema importância e deseja matricular o seu filho em uma escola bilíngue, saiba que isso é possível! O Educa Mais Brasil tem mais de 18 mil instituições parceiras, algumas delas bilíngues. Você pode encontrar a escola ideal para seu filho bem perto de você. E o melhor: contar com uma bolsa de estudo de até 50% para Educação Básica.  São vagas para educação infantil, ensino fundamental e ensino médio. Entre no site e faça sua inscrição. É gratuita!

Fonte: Bárbara Maria – Ascom Educa Mais Brasil