TV Portal

Com a ampliação do videomonitoramento, mais de 90% dos carros roubados e furtados são recuperados no Ceará

Com o retorno das edições diárias do SSPDS Informa, nesta segunda-feira (15), a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) inicia a divulgação de uma série de matérias que trazem detalhes sobre os investimentos e as ações de segurança, que proporcionaram na prática a melhoria de índices criminais em todo o Estado, além de reforçar as atividades realizadas pela Secretaria e suas vinculadas, em território cearense. O tema de hoje são os resultados apresentados pelo sistema de videomonitoramento, expandido para todo o Ceará,e que vem impactando diretamente nas reduções nos números de roubos e furtos e na recuperação de 90% dos veículos subtraídos em ações criminosas.
O exemplo prático do uso da tecnologia aplicada à segurança pública integra a estratégia de combate à mobilidade do crime, que é dividida basicamente em três etapas, e parte do pressuposto que a maioria das ações criminosas é realizada com o apoio de veículos automotores. A primeira consiste no emprego da ferramenta do Sistema Policial Indicativo de Abordagem (Spia), que é uma inteligência artificial que identifica, de forma automatizada, a presença de veículos roubados, furtados ou clonados. A segunda é aliada ao uso das imagens das câmeras de videomonitoramento que, após o veículo roubado ou furtado ser detectado pelos sensores espalhados pela Capital, Região Metropolitana e Interior, existe o acompanhamento em tempo real, por meio da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops).


Por último, entra o policiamento ostensivo, que recebe as instruções para realizar a abordagem, que têm sido cada vez mais ágeis, graças ao aumento do efetivo do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e da Força Tática (FT), ambos da Polícia Militar do Ceará (PMCE), e também das Unidades Integradas de Segurança (Unisegs).
De acordo com dados da Gerência de Estatística e Geoprocessamento da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), o número de roubo de veículos reduziu 15,7% neste ano de 2018 até o mês de setembro. Foram 7.074 contra 8.390 veículos no ano passado. Já o furto de veículos diminuiu 15,8%, passando de 3.637 para 3.063. Já a representatividade de veículos localizados em relação ao total de roubo/furto de veículos no Ceará foi de 90,6%. Isso quer dizer que dos 9.053 carros roubados ou furtados entre janeiro e setembro deste ano, 8.198 foram recuperados pelas forças de segurança.
“Isso mostra que o resultado não tem sido apenas quantitativo, mas também qualitativo”, destaca o secretário da SSPDS, André Costa, ao falar que a estratégia tem sido um braço forte, principalmente, para o aumento no número de prisões em flagrante e não se restringindo apenas ao veículo que é encontrado após ter sido abandonado por criminosos. “Nós temos o melhor índice de roubo de veículos a cada 100 mil da frota dos últimos anos, desde 2012. A meta é terminar o ano de 2018 com o melhor índice dos últimos dez anos”, revelou Costa.
O videomonitoramento no combate a outros crimes
Um exemplo a ser citado de como o videomonitoramento pode auxiliar na elucidação de outros crimes está uma ação ocorrida em Maracanaú, na Área Integrada de Segurança 12 (AIS 12), que resultou nas prisões de dois arrombadores de residência que estavam com vários bens furtados no interior de um automóvel. O caso aconteceu na sexta-feira, 5 de setembro. As capturas foram possíveis após o automóvel ser detectado por meio do videomonitoramento instalado no município, em junho deste ano, e que integrou o cronograma de interiorização do sistema.
Após serem informados, via Ciops, que os ocupantes de um veículo Chevrolet Classic cometeram uma série de arrombamentos a residências, no bairro Rodolfo Teófilo (AIS 6), em Fortaleza, uma equipe do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), que patrulhava por uma avenida de Maracanaú, abordou o automóvel e efetuou as prisões de Antônio Jefferson Barbosa da Costa (22) – com passagem por porte ilegal de arma de fogo; e Tales Gabriel de Menezes Cândido (22) – com antecedentes criminais por receptação, crime contra a fé pública, tentativa de arrombamento e crime de trânsito. Em decorrência da inserção dos dados do carro no Spia, o sistema enviou o alerta para a Ciops e, assim, o carro foi detectado em um das vias da cidade.
Com os presos, foram localizados aparelhos de televisão e dois notebooks, oriundos dos furtos. A dupla foi encaminhada para a sede do 29° Distrito Policial (DP), onde foi autuada em flagrante por furto qualificado e receptação.
Videomonitoramento
Com o término da interiorização do videomonitoramento da SSPDS, que englobou 42 cidades, mais de 700 câmeras estão em funcionamento em cidades do Interior com população acima de 50 mil habitantes em todas as regiões do Estado.
Com a ampliação também em Fortaleza, a quinta maior cidade do Brasil terá mais de 2.500 câmeras em funcionamento nos principais bairros até o fim de 2018. Em 2015, o projeto de videomonitoramento em Fortaleza começou com apenas 164 câmeras na SSPDS. Com a chegada do reforço, o número de equipamentos saltará para mais de 15 vezes do número inicial, em quatro anos. Todas as imagens serão interligadas à Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), em Fortaleza.
Além dos equipamentos próprios da SSPDS, o sistema integra as imagens fornecidas pelas câmeras do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), da Prefeitura de Fortaleza e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que estão espalhadas por vias de maior fluxo na cidade.
SSPDS