TV Portal

Aplicativo e-Título bate a marca de 300.000 downloads



A dois dias das eleições, 306.913 eleitores fizeram download do aplicativo e-Título. Destes, 271.378 já fizeram a biometria e não precisarão levar outro documento oficial para votar. No Brasil, esses números ultrapassam 7,1 milhões de celulares com o aplicativo instalado. A Justiça Eleitoral deu ampla divulgação ao uso do e-Título por apresentar ao eleitor os dados atualizados do sistema e facilitar na hora da votação.
O TRE do Ceará lembra a importância do uso do aplicativo por todos os eleitores, em virtude do rezoneamento que extinguiu18 zonas eleitorais do interior e remanejou 4 para Fortaleza. A medida impactou eleitores de 29 municípios que tiveram os números da zona e da seção alterados. Mais de 753 mil eleitores estão com o documento desatualizado. Apenas em Fortaleza, são 490.791 títulos com número da zona e seção antigos. No dia da eleição, essa incorreção pode atrasar a localização da seção e causar transtornos. No interior, 262.553 eleitores estão na mesma situação.
e-Título
O aplicativo possibilita aos eleitores acessarem uma via digital do título por meio do smartphone ou tablet. Após baixar, o eleitor deverá inserir o número do título, nome, nome da mãe e do pai e data de nascimento. O e-Título será validado e liberado. Ao ser acessado pela primeira vez, o documento será gravado localmente e ficará disponível ao eleitor. Para quem já fez o recadastramento biométrico, o e-Título traz a foto do eleitor para identificá-lo na hora da votação, capturada no instante da biometria junto com suas impressões digitais. Nesse caso, é dispensável a apresentação de documento oficial com foto na hora da votação. No entanto, mesmo os eleitores que ainda não fizeram o recadastramento biométrico podem baixar o aplicativo para usá-lo no dia da eleição, desde que apresentem documento de identificação com foto.
Fonte: TRE