TV Portal

Receita Federal libera restituição do IR de mais de 44 mil cearenses; consulta pode ser feita a partir de segunda-feira

foto divulgação
A Receita Federal libera na segunda-feira (10), às 9h, consulta ao lote, que totaliza R$ 67,3 milhões em restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de declarações entregues entre 2018 e 2008. Os lotes anteriores ao ano de 2018, são de delarações que caíram na malha fina. Na segunda-feira (17), estarão depositados R$ 67,3 milhões em contas bancárias de 44.114 cearenses.
Desse total, 96%, ou 42.362 são declarantes do imposto de renda da pessoa física 2018, totalizando R$ 61,99 milhões, a ser restituídos com correção pela taxa Selic de 3,15%. Para as 1.752 declarações restantes, referentes a declarações entregues entre 2017 e 2008, que totalizam R$ 5,305 milhões, o índice de atualização monetária varia entre 10,98 (2017) e 105,27% (2008).
A restituição fica disponível no Banco do Brasil por um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la pela internet, no formulário eletrônico – Pedido de Pagamento e Restituição (Peres), ou diretamente no e-CAC, no link extrato de processamento da Dirpf.

Consulte sua restituição

Para saber se teve a restituição liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita Federal. Usuários de tablet ou smarthphone com acesso à internet podem baixar o aplicativo “Pessoa Física”, que permite a consulta da restituição ou, ainda, ligar para o Receitafone 146;.
Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil (BB) ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 0800-729-0001 e 0800-729-0088 (deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.
Fonte :G1 Ceará
Lote de Restituição Multiexercício do IRPF - Setembro/2018
Exercício
Contribuintes
Valor (R$)
2018
42.362
61.998.534,22
3,15% (maio de 2018 a setembro de 2018)
2017
1.014
2.642.553,24
10,98% (maio de 2017 a setembro de 2018)
2016
415
1.502.575,93
23,70% (maio de 2016 a setembro de 2018)
2015
151
565.889,19
36,77% (maio de 2015 a setembro de 2018)
2014
136
457.989,50
47,69% (maio de 2014 a setembro de 2018)
2013
12
15.768,10
56,59% (maio de 2013 a setembro de 2018)
2012
10
20.488,28
63,84% (maio de 2012 a setembro de 2018)
2011
6
14.195,07
74,59% (maio de 2011 a setembro de 2018)
2010
6
58.973,22
84,74% (maio de 2010 a setembro de 2018)
2009
3
18.921,88
93,20% (maio de 2010 a setembro de 2018)
2008
2
8.481,01
105,27% (maio de 2008 a setembro de 2018)
Fonte: Superintendência da Receita Federal