TV Portal

Justiça condena ex-vereador de Fortaleza a 21 anos de prisão por matar a esposa

O Vereador foi preso em flagrante.

Em julgamento finalizado na noite desta terça-feira (25/09), o ex-vereador de Fortaleza, Francisco das Chagas Filho, conhecido por Alan Vereador, foi sentenciado a 21 anos de reclusão pelo assassinado, em 2013, de sua ex-companheira, Andréa Jucá, com 35 facadas, por não aceitar o fim do relacionamento. 
Prevaleceu a tese do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) de homicídio duplamente qualificado: motivo torpe e recurso que impossibilitou a defesa da vítima.
“Foi uma decisão justa, juridicamente correta e que contribui para a credibilidade do Ministério Público e do Poder Judiciário cearenses. Outrossim, fez-se justiça, no império do Estado Democrático de Direito, à sociedade, e, nomeadamente à família da vítima, em sua plenitude, nos termos da legislação de regência”, disse o promotor de Justiça responsável pelo caso, Marcus Renan Palácio.
A peça processual relata que o acusado trancou a vítima dentro do quarto e a matou sem qualquer chance de defesa. A juíza da 1ª Vara do Júri, Danielle Pontes, presidiu a audiência. A prática delituosa não foi enquadrada como crime hediondo, por ter ocorrido no ano 2013, antes da Lei do Feminicídio entrar em vigor.

Assessoria de Imprensa

Ministério Público do Estado do Ceará

]