TV Portal

Fies: pré-seleção da lista de espera segue até 14 de setembro



Prazo foi prorrogado na última segunda-feira, 10 de setembro, pelo MEC


O prazo de pré-seleção dos candidatos participantes da lista de espera do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) segue até esta sexta-feira, 14 de setembro, às 23h59 do horário oficial de Brasília (Distrito Federal). A data limite, inicialmente fixada em 9 de setembro (domingo), foi prorrogada na última segunda-feira (10), conforme anúncio feito pelo Ministério da Educação no Diário Oficial da União.
A prorrogação é feita por meio da Secretaria de Educação Superior (SESU), órgão do MEC, e visa adequar o cronograma e demais procedimentos de ocupação das vagas remanescentes do Fies 2018. Para acompanhar a seleção, os estudantes precisam consultar a página do Novo Fies.
Os candidatos convocados deverão acessar o site FiesSeleção para complementar as informações em até cinco dias úteis contados a partir da divulgação da respectiva convocação na página do programa. Em seguida, a orientação do MEC é que o estudante se dirija à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de ensino em que foi aprovado em até cinco dias.
Bolsa de Estudo x Fies
Para os estudantes que conheceram o Fies há pouco tempo, é importante saber que o financiamento é similar a um empréstimo e todo o valor deve ser pago com o término da graduação, acrescidos ou não de juros, a depender da modalidade contratada. No caso da bolsa de estudo, o contratante adquire um desconto que incide diretamente na mensalidade e pode reduzir o valor pago em até 70%.
Este benefício é concedido por programas educacionais como o Educa Mais Brasil, que oferta mais de 240 mil oportunidades para a graduação em todo o país. A contratação não requer comprovação de renda ou fornecimento de garantias ao programa.
Bolsa de estudo para curso EAD
A educação a distância (EAD) também está inclusa em diversos cursos do Educa Mais. A modalidade está entre as preferidas dos estudantes que mantém uma rotina intensa de trabalho durante o dia ou que residem em locais distantes dos centros urbanos.
De acordo com o Ministério da Educação, a quantidade de polos de ensino EAD cresceu 133% em um ano, alcançando a marca de 15.394 unidades, desde a atualização da regulamentação da modalidade realizada por meio da expedição do Decreto Nº 9.057, de 25 de maio de 2017.
O Censo da Educação Superior 2016, divulgado no segundo semestre do ano passado, sinaliza que o número de matrículas na modalidade cresceu de 4,2% em 2006 para mais de 18% em 2016, alcançando 1,4 milhões.

Tunísia Cores – Ascom Educa Mais Brasil