TV Portal

Bolsonaro não deve ter alta nesta sexta-feira


O partido de Bolsonaro chegou a divulgar extraoficialmente que ele viajaria nesta sexta para o Rio





O candidato à Presidência do PSL, Jair Bolsonaro, internado há 20 dias no Albert Einstein em São Paulo, não deverá sair amanhã (28) do hospital, como chegou a ser cogitado por seus correligionários. A Agência Brasil apurou que até a noite desta quinta-feira (27) a Polícia Federal (PF), responsável por sua segurança, não havia organizado esquema para acompanhar nesta sexta-feira um eventual deslocamento  do candidato. O partido de Bolsonaro chegou a divulgar extraoficialmente que ele viajaria amanhã para o Rio de Janeiro. 
Os médicos Antônio Luiz Macedo e Leandro Echenique assinaram um único boletim, às 16h desta quinta-feira, em que afirmaram que os exames laboratoriais de Jair Bolsonaro estavam "estáveis" e ele continuava com boa evolução clínica, sem dor ou febre. Questionados pela Agência Brasil sobre rumores, publicados às 16h55 por alguns órgãos de imprensa, de que Bolsonaro estaria com infecção bacteriana, assessores do hospital limitaram-se a dizer que "o Einstein nunca afirmou que Bolsonaro receberia alta nesta sexta-feira". Nenhum novo boletim, confirmando ou negando a suposta infecção, foi publicado pelo hospital.
Jair Bolsonaro foi esfaqueado em 6 de setembro, durante ato público em Juiz de Fora (MG), por Adélio Bispo - detido em flagrante e levado para o presídio federal de Campo Grande (MS). Neste período, Jair Bolsonaro, que chegou ao hospital em choque devido a uma hemorragia interna, já sofreu duas cirurgias de emergência no intestino e terá de passar por uma mais completa daqui a cerca de dois meses
Agência Brasil