TV Portal

Rally dos Sertões consagra campeões inéditos na chegada a Fortaleza



O Rally dos Sertões conheceu neste sábado (25) os vencedores de sua 26ª edição, após a chegada da caravana a Fortaleza (CE), após uma especial de 200 quilômetros que saiu de Juazeiro do Norte (CE), completando um percurso de 3.607 quilômetros percorridos ao longo de sete dias.

materia-27-08-foto-rs18_viniciusbranca_071335

Tunico Maciel, Cristian Baumgart e Beco Andreotti, Enrico Amarante e Breno Rezende, e Wescley Dutra garantiram os títulos das categorias motos, carros, UTVs e quadriciclos, respectivamente.
A última especial desta edição do Rally dos Sertões contou com 200 quilômetros entre Juazeiro do Norte e a capital cearense, e foi das mais duras. Alexandre Campos, piloto das motos, sofreu uma queda, enquanto Leonardo Beleza e Breno Ferreira tiveram a quebra do cubo de roda do UTV que conduziam. Nos carros, Thiago Rizzo e Léo Magalhães, Luiz Facco e Humberto Ribeiro, Jorge Wagenfuhr e Alison Pedroso e Lucas Teixeira e Rafael Dias também enfrentaram problemas.
Nas motos, Tunico Maciel conquistou o título depois de vencer três dos sete estágios do rali para somar 27h24min40s, garantindo a vitória com 31min37s de frente para Ricardo Martins, o segundo colocado. Gregório Caselani finalizou a prova na terceira posição, e foi seguido por Mário Marchiori. O grupo dos cinco melhores do Rally dos Sertões ainda contou com Túlio Malta.
A especial contou com vitória de Jean Azevedo, que fechou o percurso do dia em 3h12min43s, 29 segundos à frente de Tunico Maciel, segundo colocado no estágio. Ricardo Maciel foi o terceiro, chegando logo à frente de Gregório Caselani. O grupo dos cinco melhores na especial que chegou a capital cearense ainda contou com Mário Marchiori.
Cristian Baumgart e Beco Andreotti entraram para a história do Rally dos Sertões ao conquistarem o terceiro título seguido nos carros, algo inédito na categoria e que acontece apenas pela segunda vez na história da prova. A dupla completou o rali em 21h51min31s, superando os vice-campeões Sylvio de Barros e Rafael Capoani em 7min58s. Rafael Cassol e Lélio Júnior ficaram com a terceira posição, logo à frente de Marcos Baumgart e Kleber Cincea, e Fernando Álvares e Juan Monasterolo.
Na especial deste sábado, a vitória ficou com Sylvio de Barros e Rafael Capoani, que completaram os 200 quilômetros de trecho cronometrado em 2h46min55s, tempo 41 segundos melhor em relação ao dos segundos colocados, Gareth Woolridge e Marcelo Haseyama. Marcos Baumgart e Kleber Cincea ficaram com a terceira posição, seguidos por Fernando Álvares e Juan Monasterolo. O grupo dos cinco melhores ainda teve os campeões Cristian Baumgart e Beco Andreotti.
Enrico Amarante e Breno Rezende conquistaram o título nos UTVs. A dupla só tomou a liderança da prova na sexta especial, e venceu o Sertões com um tempo de 28h03min21s, tempo apenas 4min10s melhor que o obtido pelos vice-campeões Denísio Nascimento e Idali Bosse. Gabriel Cestari e Jhonatan Ardigo fecharam a prova em terceiro, logo à frente de Edu Piano e Solon Mendes. Marcelo Gastaldi e Claudio Rieser fecharam o top-5.
A especial do dia foi vencida por Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, que completaram o percurso em 3h08min44s, marca 3min17s mais rápida que a da dupla segunda colocada, Gabriel Varela e Eduardo Shiga. Enrico Amarante e Breno Rezende ficaram com a terceira colocação, e foram seguidos por Henrique Gutiérrez e André Munhoz foram os quartos. Denísio Nascimento e Idali Bosse foram os quintos.
Nos quadriciclos, o título ficou com Wescley Dutra, que assumiu a liderança na quinta especial, após quebra de George Ximenes, e venceu o Sertões com um tempo total de 35h07min04s, chegando com uma vantagem de 18min14s para o vice-campeão Giovanni Filho. George Ximenes ainda conquistou o terceiro lugar, sendo seguido por Hélio Pessoa, Cival Alves e Geison Belmont.
Dutra venceu também a última especial da prova, ao completar a especial deste sábado em 3h46min35s, marca 2min21s melhor que a do segundo colocado George Ximenes. Giovanni Filho foi o terceiro, enquanto Hélio Pessoa acabou na quarta posição. O grupo dos seis melhores ainda contou com Geison Belmont e Cival Alves.
Ainda neste sábado acontece a chegada do Rally dos Sertões, em evento que será realizado em Fortaleza (CE). Os competidores chegarão na rampa montada no aterro da Praia de Iracema, e serão recepcionados pelo público.
O Rally dos Sertões é organizado pela Dunas Race e tem patrocínio da Mitsubishi Motors, Honda, Divino Fogão e Caixa. Apoio institucional: Detran Goiás, Estado de Goiás, Secretaria de Turismo de Fortaleza, Prefeitura de Fortaleza e Conselho Nacional do SESI. Apoio: Cartões ELO, Fox Sports, Truckvan, S.A.S. Brasil, Infraero, Vigor, Fotop, Arco Media, 99 e Jovem Pan Goiânia e Fortaleza.
Vipcomm Assessoria de Imprensa do Rally dos Sertões