TV Portal

PT fecha acordo para manter PSB neutro nas eleições presidenciais e isola Ciro

Ciro Gomes e Lula. Foto: Ricardo Stckert/Instituto Lula


O PT acertou, nesta quarta-feira (1º), um acordo com o PSB para manter a sigla neutra na disputa pela presidência, ou seja, longe do presidenciável Ciro Gomes (PDT).
Em troca da neutralidade, o PT retirará a candidatura de Marília Arraes ao Governo do Estado. A vereadora de Recife está bem nas pesquisas e poderia se tornar um problema para a reeleição do governador pernambucano Paulo Câmara (PSB).
Selando o acordo em Pernambuco, o senador petista Humberto Costa deverá disputar a reeleição na chapa de Câmara. O anúncio sobre a decisão deverá ser feito pela Executiva Nacional do PT ainda nesta quarta-feira.
Também ficou acertado o apoio do PSB a candidatos do PT em 14 estados, incluindo em Minas Gerais, onde a sigla deverá retirar a candidatura de Márcio Lacerda para apoiar a reeleição de Fernando Pimentel ao governo.
Em São Paulo, o governador Márcio França (PSB), candidato à reeleição, está liberado para apoiar o presidenciável tucano Geraldo Alckmin à presidência.
O acerto será fechado com a candidatura do senador Humberto Costa (PT-PE) à reeleição na chapa da Paulo Câmara.
Inicialmente, o PT queria trocar a retirada do nome de Marília Arraes pelo apoio do PSB ao presidenciável petista, mas a moeda de troca não foi suficiente. No entanto conseguiu pagar pelo isolamento de Ciro.
Em tempo
O acordo impõe mais uma derrota a Ciro Gomes, que estava disposto a fazer qualquer negócio pelo apoio da sigla.

Ceará News 7