TV Portal

Previsão de chegada das águas do São Francisco ao Ceará está mantida mesmo com rompimento no canal em Pernambuco

Canal da transposição foi rompido em Salgueiro, Sertão de Pernambuco (Foto: Willian Carvalho e  Marcelo Manoel/ Arquivo pessoal )
Canal da transposição foi rompido em Salgueiro, Sertão de Pernambuco (Foto: Willian Carvalho e Marcelo Manoel/ Arquivo pessoal )


O rompimento no canal do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, ocorrido neste sábado (11), em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco, não vai afetar o prazo de chegada das águas ao Ceará, previsto para setembro, segundo o Ministério da Integração Nacional.
O canal fica entre os municípios de Terra Nova e Salgueiro. Segundo o Ministério da Integração, há evidências preliminares de que o rompimento tenha sido um ato criminoso, e que os envolvidos queriam desviar o curso d’água daquele ponto para encher um reservatório nas imediações.
Em nota, o Ministério afirma que ação semelhante ocorreu em junho do ano passado, em trecho no município de Cabrobó (PE). Equipes de reparação da estrutura estão trabalhando 24 horas no local desde o ocorrido.
Ainda segundo o órgão, o dano causado ao trecho foi maior do que o inicialmente previsto, e a restauração do canal deverá ser concluída até o fim desta semana. Um boletim de ocorrência sobre o caso foi registrado.
O prazo de chegada das águas ao Ceará foi anunciado no início de agosto, em Salgueiro, durante entrega da terceira e última estação de bombeamento do Eixo Norte (EBI-3). Em setembro, as águas devem chegar ao túnel Milagres, em Penaforte, no Ceará.
Em maio deste ano, o ministro da Integração Nacional, Pádua Andrade, havia falado em reunião com representantes do Ministério Público do estado da Paraíba, que o Ceará receberia água da transposição do Rio São Francisco ainda em agosto.

Conteúdo G/CE