TV Portal

2018 o Festival Halleluya chega a sua 22° edição e espera receber 200 mil pessoas por noite


Em 2018 o Festival Halleluya chega a sua 22° edição recebendo, a partir desta quarta-feira (25), cerca de 200 mil pessoas no primeiro dia desta temporada. O Padre Antônio Furtado é o responsável pela celebração de uma missa na abertura do evento, às 19h, no Condomínio Espiritual Uirapuru, (CEU), no bairro Castelão, com entrada gratuita. Ao longo dos cinco dias, um milhão de pessoas, em média, são esperadas no Festival.
Segundo o organizador Diego Macedo, o diferencial desta edição é o palco alternativo, que junto ao principal, receberá 46 atrações locais, nacionais e até internacional. "Teremos a participação da vencedora do The Voice italiano em 2016, Irmã Cristina Scussia. Nosso foco é, no entanto, nesta edição mostrar mais trabalhos locais", destaca Macedo.
Para ele, os locais diferenciados, como o espaço para crianças ou a tenda eletrônica para jovens é um objetivo para atrair o grande público. Cerca de 80% dos participantes do Halleluya são jovens, que contarão com uma intensa programação simultânea realizada em 80 mil metros quadrados, uma área equivalente a nove campos de futebol do Maracanã, do Estado do Rio de Janeiro.
Espaços
Vai ser possível disputar uma partida de futebol ou dançar nos tapetes eletrônicos, no Espaço Games. O Adventure, por sua vez, terá pistas radicais para uso do público e realização de campeonatos de bike e skates. O Espaço da Misericórdia terá uma grande capela com adoração ao Santíssimo Sacramento e oferecerá confissões, aconselhamentos, orações e cursos especiais na área da formação humana a, cerca de, 600 pessoas.
Em parceria com o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), o Espaço Vida (que tem 16 anos de parceria) vai disponibilizar uma área para coleta de sangue e cadastro de medula óssea, com uma meta para este ano de 900 bolsas de sangue coletadas. O local é ponto de coleta também de arrecadação de alimentos, onde o público é convidado a doar um quilo de alimento não perecível. A expectativa é de cerca de três toneladas distribuídas para entidades sociais pela Defesa Civil.
O empreendedorismo e a responsabilidade social também têm importância nesta edição. O espaço Construtores da Sociedade reúne cerca de 45 contêineres com o objetivo de apresentar projetos sociais, serviços e uma imensa variedade de produtos. Mais de 10 mil voluntários participam da organização, divulgação e realização do evento.
Para parte do público fiel do Festival, é tradição levar colchão, barracas e cadeiras para assistir os shows sem cansar. Outro ponto refletido pela produção a ser contemplado durante o evento é a acessibilidade. O Halleluya 2018 vai oferecer uma área com visão e acesso privilegiados para receber pessoas com necessidades especiais contando com a presença de um instrutor de libras.
Operação
A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) vai colocar nas ruas 110 veículos extras, nas 13 linhas que fazem o itinerário do local do evento, nos setes terminais de integração da cidade. Duas linhas corujão passarão pela Avenida Silas Munguba e mais sete para quem sair do Terminal do Siqueira. Para a segurança de quem vai curtir o Festival, 362 homens da Polícia Militar do Estado do Ceará (PM), em 26 viaturas, moto e cavalarias cobrirão os cinco dias de evento.
"O nosso propósito este ano é trazer públicos de todas as idades, sejam crianças ou seus pais que não tenham onde deixar os filhos. É por isso que pensamos em espaços variados para que todos possam curtir os cinco dias despreocupados", completa Diego Macedo.
Quarta - 25
Batista Lima
Anjos de Resgate
Adoração e Vida
Quinta-feira 26
Gil Monteiro
Naldo José
Suely Façanha
Davidson Silva
Tony Alisson
Sexta-feira - 27
Lord Metal
Kelly Patrícia
Ziza Fernandes
Fábio de Melo
Adriana Arydes
Sábado - 28
André Florencio
Ana Gabriela
Eliana Ribeiro
MSH
Auto Louvor
Cosme
Domingo - 29
Diego Fernandes
Rosa de Saron
Suor Cristina

Fonte: Diário do Nordeste .