TV Portal

Ônibus, veículos públicos e teatro são atacados em Juazeiro do Norte, cinco suspeitos são presos

Cinco suspeitos foram presos. Uma caminhonete e um caminhão do departamento de trânsito foram queimados dentro do estacionamento do órgão.

Caminhonete queimada no Demutran  (Foto: Reprodução)
Caminhonete queimada no Demutran (Foto: Reprodução)

A cidade de Juazeiro do Norte, no Sul do Ceará, sofreu pelo menos quatro ataques a ônibus e prédios públicos desde o fim da tarde do último sábado (12). No primeiro deles, dois homens invadiram a garagem de uma empresa de ônibus e atearam fogo a um veículo, que ficou danificado. Cinco suspeitos de participação nos ataques criminosos foram presos neste domingo (13), segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).
A Secretaria da Segurança comunicou que um detento de um presídio de Juazeiro do Norte foi identificado pela polícia como sendo o mandante dos ataques.
O major Luciano Rodrigues, do 2º Batalhão de Polícia, afirmou que os crimes devem ter ligação com a suspensão de visitas íntimas neste fim de semana na penitenciária do Cariri, determinada pela Justiça por causa da falta de segurança. 
A unidade está superlotada e sem agentes em número suficiente para garantir a segurança na visitação. O policiamento na cidade foi reforçado, segundo o major.
Veja onde ocorreram os ataques:
·                   Ônibus foi parcialmente destruído com fogo dentro de uma garagem por volta das 15 h deste sábado (12);
·                   Um ônibus foi destruído por fogo na Avenida Leão Sampaio, entre Barbalha e Juazeiro, à noite, no sábado (12). Passageiros foram obrigados a descer e homens incendiaram o veículo;
·                   Um coquetel molotov (bomba de fabricação caseira) foi jogado no teatro municipal Marquise Branca, no Bairro Salesianos, mas não causou dano ao prédio.
·                   Dois veículos que estavam dentro do estacionamento do Demutran foram queimados por volta das 6 horas da manhã deste domingo;
O ataque ao ônibus na Avenida Leão Sampaio ocorreu perto de um posto de combustíveis. Um frentista do posto disse ao G1 que os passageiros desceram e correram para o estabelecimento enquanto homens armados que chegaram em uma moto colocavam fogo no veículo, que ficou destruído.
Os dois veículos foram queimados dentro do estacionamento do Departamento Municipal de Trânsito, o Demutran ficaram bastante danificados: uma caminhonete que fazia manutenção de semáforos e um caminhão usado nas sinalização das vias. O departamento fica a poucos metros de um batalhão de Polícia Militar, de uma delegacia da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros e da Guarda Municipal.
Após os crimes, a Polícia Militar realizou buscas e conseguiu prender cinco suspeitos de envolvimento nos ataques. Eles foram levados para a Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, onde ficaram detidos. A polícia segue investigando o caso.
Conteúdo G1