TV Portal

Delegado afirma que buscas por novos corpos irão acontecer em Sítio de Iguatu

Durante uma coletiva de imprensa na noite desta última terça-feira, 29, o delegado regional de Iguatu, Jerffison Pereira afirmou que devido a ossada humana encontrada no local onde foi assassinado o jovem Jhey Oliveira e outras informações repassadas pelos acusados de cometer o homicídio, Roberto e Gledson, nesta quarta-feira,30, novas buscas serão realizadas na localidade do Sítio Canto, Distrito de Suassurana. 

Segundo o chefe da polícia civil, os dois afirmaram que existem outros corpos no local, “eles disseram que existem mais dois corpos, nós iremos lá e faremos uma nova busca para averiguar se é verdade”, afirmou.

Gleudson Dantas Barros, de 29 anos, e Roberto Alves da Silva, de 40 anos, estão presos na Delegacia Regional de Iguatu e sendo ouvidos constantemente pela equipe da Polícia Civil, ” ambos afirmaram em um interrogatório longo que ainda existem vítimas na localidade, mas só iremos confirmar quem são, após encontrar os corpos e fazer um exame de DNA”, destacou o delegado.

Durante a coletiva o representante da Polícia Civil também confirmou a morte de um adolescente que seria um dos participantes dos crimes, o mesmo cometeu suicídio em Irapuan Pinheiro, ” nos ligaram da Polícia Militar daquela cidade informando que o adolescente foi encontrado morto após cometer suicídio, isto irá prejudicar as investigações pois ele tinha muitas informações importantes”, disse.

Na delegacia, uma família estava a espera de informações sobre um senhor que está desaparecido desde o mês de dezembro de 2017, ” estamos acompanhando o noticiário e observando que poderia ser ele um dos corpos que estão procurando e vinhemos aqui para ajudar com informações para a polícia “, disse um familiar.

A Polícia Civil de Iguatu pede para todos que possuem pessoas desaparecidas, que entrem em contato passando detalhes para que possa ajudar nas buscas e nas investigações.

” Eles nos deram nomes, e locais, mas não podemos afirmar se é verdade, eles mentiram muito, até encontrar os corpos e fazer exames para que se identifique e só assim poderemos afirmar algo, mas as buscas irão acontecer”, finalizou o delegado Jerffison Pereira.

Assista a entrevista na íntegra:
A informação é do Site Iguatu.Net.