TV Portal

Localidade da zona rural de Tauá já registrou 850 milímetros em 2018

Clique para Ampliar
A localidade de Mutuquinha, situada no distrito de Carrapateiras, um dos mais secos do município de Tauá e região, vive uma situação adversa por causa das chuvas caídas em 2018.
Segundo o agropecuarista Valdir Feitosa entre os meses de janeiro até o início de abril, o pluviômetro existente na localidade já registrou 850 milímetros, que é o dobro da média anual de chuvas nos Inhamuns. "Os 3 açudes existentes na comunidade sangraram", vibrou. Há muito tempo não há registro de tanta chuva no intervalo de tempo tão reduzido no município.
Já na localidade de Mutuca, segundo o presidente da Associação, José Helder, as chuvas já atingiram os 540mm e o açude comunitário que estava seco, hoje acumula mais de 60% do seu volume, chegando inclusive a provocar um clima de apreensão entre os moradores diante da ameaça de arrombamento que foi contida graças a um mutirão que contou mais de 50 homens e máquinas enviadas pela Prefeitura e após o trabalho de reforço na parede, o reservatório foi salvo.
Vários açudes sangraram no distrito e o resultado das chuvas caídas no Carrapateiras possibilitou uma forte recarga hídrica no Açude Várzea do Boi, que nesta segunda-feira, 16, acumula quase 7 milhões de m³. 

Blog do Wilrimsar