TV Portal

Beneficiados do “Minha Casa, Minha Vida” de Canindé podem perderem seus imóveis por alugar




Os imóveis do programa Minha Casa Minha Vida que não estejam sendo ocupados pelas famílias que assinaram contrato com a Caixa Econômica Federal, vão ser destinados a quem realmente precisa de uma moradia.
Empreendimentos do programa Minha Casa, Minha Vida de faixa 1 – são voltados exclusivamente para famílias de baixa renda. Em Canindé, será realizada uma fiscalização e todos aqueles que forem encontrados irregulares terão seus imoveis destinados a que realmente necessita.
Os moradores que assinaram contrato com o programa Minha Casa, Minha Vida, mas não estão residindo nos imóveis, ou que até mesmo nunca estiveram morando nessas unidades, perderão o direito sobre as residências, para que estas possam ser destinadas a outras pessoas efetivamente necessitadas, que estejam na lista de espera.
“Quem assina um contrato com o programa Minha Casa Minha Vida, não ocupa o imóvel, está certamente mal intencionado. Adquiriu a residência não para morar, mas para especular. É uma infração grave”.