TV Portal

39% dos internautas não visitam centros históricos e culturais de Fortaleza


Os centros históricos e culturais demonstram a identidade e o estilo de uma cidade, bem como o valor patrimonial. Pensando nisso, a enquete do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) perguntou, durante a última semana, se os internautas costumam frequentar os centros históricos e culturais de Fortaleza.
Com resultado equilibrado, um percentual de 39% (72 votos) dos participantes responderam que dificilmente visitam, por falta de tempo ou por não gostar. Já 36% (67 votos) alegaram que nunca foram a nenhum desses locais. Outros 25% (46 votos) afirmaram que sempre que podem vão com amigos e familiares.
O Centro de Turismo do Ceará, Mercado dos Pinhões, Estoril, Igreja do Rosário, Catedral e a Rede Ferroviária Federal João Felipe são alguns pontos turísticos e históricos da Capital cearense. Em alguns, o visitante pode contemplar estruturas arquitetônicas do século XVIII e XIX, como é o caso, respectivamente, da Igreja do Rosário e Ferroviária João Felipe.
Já está disponível, no Portal do TJCE, a nova enquete: Ministério da Saúde debate a ideia de realizar exames para identificar casais com possíveis riscos de terem filhos com doenças genéticas hereditárias. Você concorda com a proposta? Participe!

TJCE