TV Portal

Pedido de abertura de impeachment contra Clébio Pavone é arquivado na Câmara Municipal de Quixeramobim

Pelo placar de 7 votos a 8, a Câmara Municipal de Quixeramobim arquivou o pedido de abertura do processo de impeachment realizado pelo Sindicato dos Servidores contra o prefeito Clébio Pavone.
O Sindicato embasou o pedido no constante atraso salarial e falta de reajuste do magistério neste ano. Eram necessários 10 votos para o recebimento do pedido. O presidente da Câmara, François Saldanha, adotou o rito de colocar somente em votação o recebimento da denúncia. O afastamento ficaria para uma outra sessão, se o pedido tivesse sido aceito.
Em seus discursos, apenas Sebastião do Couto, o Cego, se declarou governista, os demais, apesar de se dizerem independentes, votaram a favor do arquivamento, com exceção de Terezinha Pimentel, que votou pelo recebimento.
Acompanhe o placar:

Pelo recebimento da denúncia:
Antonio Filho
François Saldanha
Célio Neto
Claudinha Borges
Idelbrando Rocha
Kim
Cristina Pimenta
Terezinha Pimentel

Pelo não recebimento da denúncia:

Cego
Everardo Junior
Fernando Antonio
Edson Nogueira
Evando Cosmo
José Wilson Paulino
Roberlan Saldanha

Recado dado

Por pouco, a abertura do impeachment do prefeito Clébio Pavone não aconteceu. Portanto, fica o recado ao gestor: Que ele faça um balanço de suas ações a frente da prefeitura de Quixeramobim e tenha mais cautela para que esta situação não volte a ocorrer.

Repórter Ceará