TV Portal

Audiência Pública: pais e alunos denunciam irregularidades no Transporte Escolar de Tauá

Clique para Ampliarsrc=/uploads/ce6fbf7fc3.jpg&h=240&w=540&zc=1" style="background-attachment: initial; background-clip: initial; background-image: initial; background-origin: initial; background-position: initial; background-repeat: initial; background-size: initial; border-radius: 5px; border: 0px; box-shadow: rgb(23, 80, 105) 1px 1px 10px; display: block; height: auto; margin: 15px 5px; max-width: 100%; opacity: 1; padding: 15px; text-align: justify; transition: all 0.2s ease-in; vertical-align: middle;" width="640" />
Uma audiência pública para discutir a falta de transporte escolar na zona rural do município de Tauá, foi realizada na tarde desta terça-feira, 27, no auditório da Câmara Municipal.
Compareceram para debater o problema, alunos, pais, associação dos motoristas, proprietários de veículos, lideranças comunitárias, vereadores e demais segmentos interessados.
Os trabalhos foram abertos pelo Presidente da Câmara Luís Tomaz, que justificou o objetivo do debate e em seguida delegou ao 1º Secretário da Mesa Diretora, Marco Aurélio, a condução do debate.
Na abertura, Marco Aurélio fez a leitura de Ofícios encaminhados ao Prefeito Carlos Windson e a Secretária de Educação, Gertudes Mota, convidando-os para participarem do debate, no entanto, nenhum representante da Prefeitura de Tauá compareceu.
Ofício encaminhado ao Prefeito Carlos Windson
Ofício encaminhado à Secretária de Educação Gertudes Mota
Já os membros do Poder Judiciário e Ministério, que também foram convidados, encaminharam Ofícios comunicando da impossibilidade de estarem presentes, mas pediram cópias das gravações para se inteirarem da situação.
Associação denuncia aumento de gastos com transporte escolar apesar da diminuição da quilometragem rodada
O Presidente da Associação dos Prestadores de Serviços de Transporte Escolar do município de Tauá, Bruno Abreu, fez uma explanação a respeito da situação e denunciou que “ao não aditivar os contratos de 2017, a Prefeitura terá um aumento de 83% nos custos com o transporte escolar em 2018. Em 22 dias letivos de um mês em 2017, foram gastos R$ 371.803,00, e no mesmo período de 2018 o custo subiu para R$ 498.522,00, ou seja, mais de R$ 100 mil”.
O representante da categoria também apresentou fotos e vídeos de veículos que foram contratados para o transporte de alunos, que estão totalmente irregulares. “São carros mais mais de 20 anos de uso quando a lei permite no máximo 10 anos. Muitos desses veículos estão com a documentação atrasada vários anos e nem poderiam estarem rodando”.
Outro caso apresentado que chamou a atenção foi a exibição do vídeo de um veículo que está com a porta amarrada com corda e arame colocando em risco a vida das crianças. O caso revoltou os presentes.
Depoimentos de pais e alunos
Mãe reclama que paga R$ 20,00 de passagem por dia para seus filhos não perderem aula.
Em seguida, usaram da palavra pais, alunos e proprietários de veículos, que apresentaram as mais diversificadas irregularidades no transporte escolar, desde a falta de veículos, superlotação, problemas mecânicos constantes, alunos pagando passagens e até bloqueios de estradas como forma de chamar a atenção para o problema.(Veja o vídeo abaixo)
Autoridades presentes
Participaram do debate, os deputados Domingos Neto e Odilon Aguiar, que prometeram levar o problema para ser debatido na Assembleia Legislativa e Câmara Federal, além da ex-prefeita Patrícia Aguiar, que lamentou essa situação lembrando que o Programa Rotas do Saber, criado em sua gestão para oferecer um serviço de transporte escolar de qualidade para os estudantes e que até recebeu o Prêmio Prefeito Empreendedor do Sebrae, tenha sido simplesmente extinto pela gestão atual causando enorme prejuízo aos estudantes. Ela sugeriu que a Câmara Municipal ingressasse com uma Ação Civil Pública para buscar a solução do problema.
Também participaram os vereadores, Antonio Coutinho, Fátima Veloso, Fátima Guedes, Ronaldinho Feitosa, ex-prefeito Júlio César, além de outras autoridades.
Assista a audiência pública

Blog do Wilrismar

Ultimas Notícias