TV Portal

Boa Viagem - Bebê nasce com problemas no olho e família precisa de ajuda; entenda a história

A Família da bebê Gabriele que mora no distrito de Massapê dos Paés busca ajuda para o problema da criança, os pais da criança não possuem condições financeiras para bancar o tratamento.


Segundo a vó da criança em relato ao radialista Luis de Sá em sua página no Facebook, a família não sabe ao certo o que levou a criança nascer com este problema, em sua fala a vó da criança afirma que no Hospital chegaram a suspeita de uma infecção que a mãe da criança teria pegado após passar 20 dias internados a espera do parto e sentindo fortes dores em fevereiro deste ano 2017, porém, percebendo que com o passar do tempo a mesma não havia dado luz a mãe levou novamente a filha pra casa.


Após passar estes 20 dias, a mulher novamente voltou a apresentar sinais de que estaria dando a luz e foi diretamente para Canindé, local em que foi realizado a maioria dos partos que deveriam ser em Boa Viagem, passando 3 dias no local a jovem deu a luz a pequena Gabriele, e para sua surpresa a criança nasceu com uma deficiência no olho direito esquerdo, foram feitos exames e a região ocular apresentava um tom escuro e sangramento que só foi constatado dois meses depois que a criança abriu os olhos em casa após chorar sem parar e a mãe suspeitar de que a criança estava sentindo dores.


Dificuldades
Família de agricultores que não possui uma renda considerável que der para custear os remédios da criança, os pais fazem um apelo para bancar colírios e pomadas que são passadas para aliviar a dor da criança que chora diariamente sentindo dor, além de fraudas descartáveis, leite e viagens para a realização de exames e acompanhamento duas vezes por mês na capital Cearense. 


A criança vive em uma casa junto com os jovens pais desempregados, o local ainda não possui reboco e piso, o que faz com que a bebê durma com a vó para evitar a inalação de poeira do chão feito de barro conforme diz a jovem mãe.


O apelo a quem puder ajudar é feito de maneira humilde, a família pede para que quem possuir um bom coração e goste de ajudar não exite, as doações dos materiais descritos ou dinheiro poderão ser feitas na emissora de rádio Asa Branca AM ou pelo radialista Luis de Sá.

Assista o Vídeo na Íntegra

Conteúdo SertNews