TV Portal

Iniciada campanha de carnaval para doação de sangue no Hemoce



O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará, Hemoce, da rede pública do Governo do Ceará, lançou nesta terça-feira, 23, a campanha de carnaval para doação de sangue. O evento, que aconteceu em Fortaleza e nos hemocentros do interior do Estado, tem como objetivo destacar que antes de feriados prolongados a doação de sangue é fundamental para manutenção do estoque.
Em Fortaleza, a animação com o samba do bloco carnavalesco Unidos da Cachorra contagiou os doadores de sangue. O grupo que há 20 anos toca em blocos de rua, dessa vez chamou a atenção de quem passava em frente à sede do Hemoce para relembrar que a época de pré-carnaval é também uma oportunidade de ser solidário. “A gente veio trazer a nossa animação para incentivar as pessoas a doarem sangue e cada um pode fazer a sua parte e assim aumentar essa rede de boas ações”, disse Anderson Florêncio, diretor de bateria do bloco Unidos da Cachorra. O representante comercial Fred Guilherme foi um dos componentes do grupo que aproveitou a oportunidade e doou sangue. “Já sou doador voluntário regular e o que me motiva é a sensação de fazer o bem sem olhar a quem, me sinto bem em ajudar”, afirmou.
No Hemoce Sobral, o lançamento da campanha aconteceu com uma caminhada da solidariedade. Ao som das marchinhas de carnaval, os funcionários do hemocentro foram às ruas distribuir cartazes e panfletos da campanha e falar sobre a importância de salvar vidas. “Nós já estamos preparando o estoque para atender qualquer eventualidade durante o feriado prolongado. E como ainda faltam mais de 15 dias para o carnaval, a gente convida a população para tirar um tempinho do dia e ajudar a quem precisa doando sangue”, falou Régis Gomes, diretor do Hemoce Sobral. Nas cidades de Quixadá, Crato e Iguatu, a campanha de carnaval foi reforçada com apresentações artísticas e ações educativas como blitz e entrega de informativos e palestras de promoção à saúde.
Até o dia 6 de fevereiro, vários grupos e blocos se apresentarão voluntariamente para incentivar a doação sanguínea. Na próxima terça-feira, 30, o bloco Os Transacionais estará na sede do Hemoce em Fortaleza. “A ideia é juntar a força dos blocos de carnaval para atrair mais pessoas a doarem sangue e manter o gesto com regularidade”, destaca a coordenadora da captação de doadores do Hemoce, Nágela Lima. As doações podem ser feitas nas unidades do Hemoce em Fortaleza e nas cidades de Quixadá, Iguatu, Sobral, Crato e Juazeiro do Norte.
Para facilitar o acesso da população aos locais de coleta, o Hemoce está com uma unidade na Praça do Ferreira, Centro, que funciona de segunda a sábado, até o dia 9 de fevereiro. O estande tem capacidade para receber até 70 pessoas por dia e, além de doar sangue, o voluntário pode se cadastrar para doação de medula óssea. Outra opção que também fica no Centro é doar no Posto de Coleta do Hemoce no Instituto Dr. José Frota (IJF), na Rua Barão do Rio Branco, 1816. O posto no IJF abre todos os dias, inclusive feriados e finais de semana. (clique aqui os locais e horários para doar).

O que é necessário para doar

Para ser um doador de sangue é preciso: estar saudável, bem alimentado, ter mais de 50 kg, ter entre 16 a 69 anos de idade e apresentar um documento oficial e original com foto. Menores de 18 anos devem apresentar o termo de consentimento, disponível para download no site do Hemoce (www.hemoce.ce.gov.br).

Como se cadastrar para doação de medula óssea

Para se cadastrar, o voluntário precisa ter entre 18 e 55 anos de idade, estar saudável, não tenha tido câncer e apresentar um documento de identificação oficial com foto. O doador preenche uma ficha com dados pessoais e é coletada uma amostra de 5ml de sangue. O cadastro é realizado em todas as unidades de coleta do Hemoce.