TV Portal

Profissionais de segurança são habilitados para atuar no policiamento ambiental


Dando continuidade às ações de qualificação continuada dos profissionais de segurança pública do Estado, a Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (Aesp/CE) formou nesta terça-feira (19), duas turmas do Curso de Policiamento Ambiental. Agora, mais 71 agentes estão habilitados para atuar no atendimento de ocorrências e fiscalização ambiental em ações individuais da polícia ou em parceria com os órgãos ambientais municipais, estaduais ou federais.

A capacitação, de 74 horas/ aula, ocorreu entre os meses de novembro e dezembro na sede do Batalhão de Polícia do Meio Ambiente (BPMA), e contemplou instruções sobre poluição sonora; contenção de animais; maus tratos a animais; saúde pública dos animais e orientação geográfica. Além de legislação voltada para a fiscalização de crimes ambientais.


Presente na solenidade de encerramento, o Secretário do Meio Ambiente do Estado do Ceará, Artur Bruno, destacou a importância do BPMA na preservação do meio ambiente. “O mundo não tem futuro se nós não valorizarmos o meio ambiente. Vocês estão vendo aí todos os dias nos meios de comunicação o grande problema do aquecimento global, da emissão dos gases de efeito estufa, do desmatamento, das queimadas, das caças aos animais silvestres, que alguns estão em extinção, ou seja, vocês terão a possibilidade de salvar a natureza juntamente com outros que têm o mesmo objetivo”, discursou o secretário.

Também estiveram presentes no evento, o secretário executivo da Aesp, Nartan Andrade; o comandante do BPMA, tenente-coronel  Ricardo Jorge Pinheiro Mota e a coordenadora de Ensino e Instrução da Academia, Roberta Barbosa Monteiro. 


Fotos: Leandro Freire (Ascom Aesp)



Fonte: AESP