TV Portal

Cinco instituições de ensino superior firmam convênio com a SSPDS


Representantes de cinco instituições de ensino superior do Ceará estiveram, nesta segunda-feira (18), na sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), onde foi realizada a apresentação para celebrar a assinatura de novos termos de cooperação entre a pasta da segurança pública e universidades do Estado. Presente na reunião, o secretário da Segurança Pública, André Costa, falou da importância de trazer o conhecimento científico para a área da segurança, de forma que haja troca de experiência entre as instituições. Representantes das Polícias Civil (PCCE) e Militar (PMCE), Corpo de Bombeiros (CBMCE), Pericia Forense (Pefoce) e Academia Estadual de Segurança Pública (Aesp) também compareceram.

Os novos convênios foram firmados com a Universidade Estadual do Ceará (Uece), Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza (Fametro), Centro Universitário Inta (Uninta), de Sobral; Faculdade Paraíso (Fap), de Juazeiro do Norte, e Centro Universitário Católica de Quixadá (Unicatólica). Serão 371 novos estagiários das áreas de Administração, Tecnologia da Informação, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Contábeis, Audiovisual e Novas Mídias, Direito, Engenharia, Serviço Social, Psicologia, Farmácia, Nutrição e Fisioterapia. As parcerias visam desenvolver atividades conjuntas para a realização de programas de estágios supervisionados obrigatórios e atividades práticas, não remuneradas, que irão possibilitar atendimentos especializados, em diversas áreas. Atualmente, a SSPDS possui um convênio com a Universidade de Fortaleza (Unifor) e com a Faculdade Maurício de Nassau. 

“Algumas vezes precisamos de um caminho para resolver um problema na área da segurança pública e nos depararmos com soluções distantes da nossa realidade. Eu acredito no potencial das nossas universidades e sei que as pesquisas e atividades desenvolvidas no meio acadêmico podem auxiliar no norteamento de nossas ações”, destacou André Costa, que falou, inclusive, da prática sustentável criada pela Uece por meio de bicicletas solares. O gestor ressaltou que a ação, entre outras, pode ser adotada no patrulhamento ostensivo. 
Após a apresentação dos cursos que integrarão os termos de cooperação, foi a vez dos presentes agradecerem a oportunidade. “As palavras podem convencer, mas o exemplo arrasta. Essa abertura que vem sendo feita pela SSPDS é algo, que em meus 25 anos de carreira, ainda não havia presenciado. Acredito que pelo esforço que vem sendo feito e com a participação das universidades, ampliaremos as nossas visões na busca de melhorias para as nossas instituições”, concluiu o tenente-coronel do CBMCE, Humberto Dias. 
Fonte:SSPDS