Tauá - Polícia Civil apreende adolescente acusado de tentativa de homicídio.



A Polícia Civil de Tauá já conseguiu elucidar a tentativa de feminicídio (crime contra a mulher), ocorrido na tarde do feriado da Proclamação da República, na Rua Luiza Barros dos Santos, no Bairro Manuel Alves Mota, nesta cidade.
Na tarde desta quinta-feira (16) inspetores da 14ª DP, conseguiram fazer a apreensão de um adolescente, autor dos tiros que feriram a dona de casa de  inicias A. S. de A, 56 anos, atingida no ombro, no braço e no punho, quando estava deitada numa rede em sua residência, na citada rua.
Na tarde do dia (15), a mesma  teve sua residência invadida por um indivíduo que efetuou vários disparos de arma de fogo no interior do imóvel, ferindo a dona da casa.
Investigação
A Polícia descobriu que a dona de casa  foi atingida por engano pois o alvo do atirador seria a filha dela, a jovem de inicias M.S. de A., a mando do seu ex-companheiro  vulgo ‘JN”, que atualmente cumpre pena na penitenciária de Juazeiro do Norte, e por não aceitar o fim do relacionamento agenciou o menor para ceifar a vida da ex-companheira.
Na hora de cometer o crime, o adolescente que efetuou os disparos teria se confundido, pois ao invadir o imóvel se deparou com a mãe da vítima deitada na rede e pensou ser a pessoa a qual ele pretendia mata
Agora a Polícia tenta descobrir a identidade do indivíduo que conduzia a motocicleta que foi usada pela dupla por ocasião do cometimento do crime, coisa que até agora o menor autor dos disparos ainda não revelou. O adolescente também ainda não disse a quem pertence o revólver utilizado no cometimento do crime e nem o local onde a arma foi deixada.
Moto localizada
O veículo usado na chegada à casa da vítima e também na fuga, já foi localizado, é uma motocicleta Honda Titan, cor prata, ano 2002, placa HYG 1310, com inscrição de Arneiroz, que foi encontrada abandonada na manhã desta sexta- feira no loteamento Sabuji e que tinha sido furtada na Avenida Odilon Aguiar, em Tauá, no dia 29 do mês passado.
Outras pessoas ainda estão sendo ouvidas, mas para o Delegado Regional de Polícia Civil de Tauá, Dr. Gisleian Lima, que apura o caso, o crime já está elucidado.
fonte :Nova Difusora Tauá

TV Portal