Barro 2004 - 13 anos depois Itapemirim é condenada a pagar R$ 143,3 mil de indenização a filho que perdeu mãe em acidente

Ônibus sendo puxado por guincho.  Foto: Jarbas Oliveira/ Diário do Nordeste A 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do...

38 cidades do Ceará receberão central de monitoramento , 04 são do Sertão Central

No Ceará, 38 cidades receberão centrais de videomonitoramento, diz Camilo Santana (Foto: Ivanízio Ramos)
O governador do Ceará, Camilo Santana, anunciou nesta terça-feira (7) que o Governo do Estado vai investir quase R$ 19 milhões para instalação de câmeras de segurança nos municípios com mais de 50 mil habitantes. No total, serão 38 cidades beneficiadas com 624 câmeras e centrais de monitoramento.
"É um sistema de monitoramento eletrônico que o Estado vai implantar em 38 cidades do interior do Ceará e da Região Metropolitana de Fortaleza. Na verdade não é só instalar as câmeras, nós vamos contratar um serviço de manutenção. É o serviço e as câmeras, mais uma central de monitoramento. Isso é uma ação importante que intimida o assalto ou identifica", afirmou Camilo Santana, em vídeo transmitido por redes sociais.

Cidades contempladas
Camilo Santana fez anúncio de câmeras de segurança pelo Facebook (Foto: Facebook/Reprodução)
Segundo o governador, as centrais serão instaladas nas cidades de Aquiraz, Caucaia, Cascavel, Eusébio, Horizonte, Maranguape, Pacajus, Beberibe e Pacatuba, e Fortaleza, na Região Metropolitana. Juazeiro do Norte, Barbalha e Crato, no Cariri.
Nas demais regiões, recebem as câmeras de segurança as cidades de Icó, Iguatu, Quixadá, Aracati Morada Nova, Quixeramobim, Baturité, Limoeiro do Norte, Russas, Sobral, Acaraú, Camocim, Itapajé, São Benedito, Trairi, Granja, Itapipoca, Viçosa do Ceará, Tianguá, Canindé, Tauá, Boa Viagem, Crateús e Acopiara.
"É uma parceria com os municípios para gente combater a criminalidade", afirmou Camilo Santana. A data da instalação não foi informada pelo governador, mas ele afirmou pelo Facebook que "acabamos de terminar a licitação" para aquisição dos equipamentos e do serviço de monitoramento.
Além da instalação, será contratada uma empresa para realizar a manutenção dos equipamentos. "A câmera, se der problema, a empresa é imediatamente acionada para consertar. Às vezes uma câmera tem problema aqui e passam meses para consertar, mas nós contratamos uma empresa para fazer essa manutenção."

Conteúdo: G1/CE


TV Portal