Barro 2004 - 13 anos depois Itapemirim é condenada a pagar R$ 143,3 mil de indenização a filho que perdeu mãe em acidente

Ônibus sendo puxado por guincho.  Foto: Jarbas Oliveira/ Diário do Nordeste A 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do...

Ruas alagam e casas e carros ficam ilhados em cidade do Piauí

Carros e casas ficaram ilhados em Floriano (Foto: Divulgação/PM)
Carros e casas ficaram ilhados em Floriano (Foto: Divulgação/PM)

As ruas de Floriano, 244 km ao Sul de Teresina, amanheceram completamente alagadas nesta terça-feira (31). Segundo o prefeito da cidade, Joel Rodrigues, a situação na cidade é crítica e a prefeitura está fazendo visitas nos lugares mais afetados. Há ruas completamente alagadas e houve desabamento de muros e cômodos de casas. 

A assessoria de comunicação informou que ainda não há números de construções afetadas, mas há casos de muros, fachadas e cômodos de casas e prédios parcialmente destruídos. O coronel Rubens Lopes, comandante da Polícia Militar na cidade, declarou que não há registro de feridos. 

O prefeito e sua equipe se reuniram com a Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, PM e todos os secretários para discutir medidas emergenciais. Segundo a prefeitura, qualquer informação sobre pontos críticos e solicitação de socorro, podem ser registrados pelo número (89) 3515-1105, o Corpo de Bombeiros pode ser acionado no 193 ou no plantão da PM, pelo (89) 9 9418-9936. 

A prefeitura informou que a chuva teve início às 21h dessa segunda-feira (30) e parou somente às 9h desta terça. Imagens da cidade estão sendo compartilhadas nas redes sociais e é possível ver carros quase completamente submersos. As entradas das casas e estabelecimentos comerciais estão tomadas pela água. 

Água tomou conta das ruas da cidade (Foto: Paulo Roberto/Tv Clube)
Água tomou conta das ruas da cidade (Foto: Paulo Roberto/Tv Clube)

"Os bairros Pedro Simplício, Irapuá e Manguinha foram os mais afetados. As casas afetadas foram poucas, mas há muitos carros e lugares ilhados, estamos começando as visitas para ver os estragos", declarou o prefeito. 


Segundo ele, não há muitas famílias que precisaram deixar suas casas, mas está difícil circular pela cidade. Ele disse que ainda vai avaliar se será preciso decretar situação de emergência no município. 

Segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), em apenas 6 horas o acúmulo de água foi de 45mm. A previsão para hoje e para os próximos dias em Floriano é de mais chuva, de acordo com o Climatempo.


G1/ Piauí 

TV Portal