TV Portal

Região do Cariri é responsável por 84% das apreensões de drogas no interior sul do Estado


 
Ações de combate do tráfico de drogas realizadas pelos órgãos de segurança na Região do Cariri apresentaram resultados positivos durante o último mês. Desde que assumiu o comando do 2º BPM em meados julho, o Tenente-Coronel Cícero Nelson Cordeiro de Brito, tem envidado esforços no sentido de integrar as ações da Polícia Militar aos demais órgãos de segurança que atuam no combate à criminalidade na Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19).

Segundo dados estatísticos divulgados pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), durante o mês de julho foi apreendido um total de 43,9 kg de entorpecentes na AIS 19, ou seja, na Região do Cariri. A maior apreensão foi de maconha, sendo registrado um total de 38,9 kg. Registrou-se ainda as apreensões de 2,8 kg de cocaína e 2,19 kg de crack.

Além da AIS 19, o interior sul do Estado ainda possui mais quatro áreas, sendo que a AIS 18 abrange municípios da região de Russas, a AIS 20 abrange cidades da região de Quixadá, a AIS 21 é responsável por municípios da região de Iguatu e a AIS 22 abrange a região de Tauá. Em julho de 2017, o interior sul contabilizou a apreensão de 51,9 kg de entorpecentes. Dessa forma, a Região do Cariri contribuiu com 84% das apreensões de drogas nesse período. 

De acordo com o Comandante do 2º BPM, Tenente-Coronel Cícero Nelson Cordeiro de Brito, a Polícia Militar tem desarticulado diversos pontos de venda de drogas em toda a Região do Cariri, bem como tem intensificado as ações de repressão ao tráfico de entorpecentes, através da parceria com a sociedade que contribui com o trabalho policial ao realizar denúncias anônimas através do telefone 190. 


Fonte: SSPDS