Municípios do Sertão Central dão mau exemplo e extrapolam o limite de gastos com pessoal

Resultado de imagem para 73 cidades do Ceará passaram o limite de gastos com pessoal
Servidores articulam melhoria salarial, em meio a maior crise financeira ( Foto: Honório Barbosa )
O Diário do Nordeste desta segunda-feira (21), publicou uma matéria onde destaca que o endividamento e a precariedade do investimento  das prefeituras. Sendo que  73 municípios cearenses  estão acima do limite de 54% com a despesa de pessoal, comprometendo suas finanças com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). 
O caso mais grave está no Sertão Central do estado, a prefeitura de  Ibaretama, onde as despesas com pagamento do funcionalismo representam 68,80% das Receitas Correntes Líquidas.
Na região ainda tem Senador Pompeu  59,20%, Canindé  59,08%, Choró  59,08%, Madalena  64,16%, Quixadá  57,61%, Boa Viagem 56,55%, Banabuiú  56,47% e  Pedra Branca  56,34%.
O Bom exemplo vem de Pires Ferreira no Noroeste cearense, que comprometeu apenas   31,70% com sua finanças.
Matéria completa no Diário do Nordeste 

TV Portal