PRE de Iguatu prende três homens de Mombaça fraudando a operação carro-pipa no Interior do Ceará

Imagem do fundo falso com os aparelhos GPS (Foto Divulgação PRE)
Em Iguatu, três homens foram conduzidos para a Delegacia Regional na tarde desta terça-feira,20, por volta das 17h, todos estavam em um veículo Ecosport prata de placa HYK 5559, da cidade de Mombaça, quando foram abordados no posto da Polícia Rodoviária de Iguatu e após uma vistoria, os militares perceberam que existia um fundo falso na poltrona do passageiro na frente do carro.
Ao abrir a poltrona os militares descobriram que estavam no local três aparelhos GPS. Os equipamentos, na realidade, deveriam estar instalados nos caminhões que fazem a distribuição de água para as comunidades carentes neste período de escassez.
O sargento Nogueira em entrevista para o site Iguatu.net e Rádio Jornal 790AM explicou sobre a ação. “Nós estávamos realizando as abordagens de rotina na sede da PRE em Iguatu, e paramos um veículo para verificação de documentos. Quando meu companheiro de trabalho percebeu durante a busca veicular, um falso fundo no banco dianteiro do passageiro, encontramos três aparelhos de GPS. Os três ocupantes que são de Mombaça foram conduzidos para a Delegacia Regional de Iguatu, onde entregamos o material, o veículo e os ocupantes para que sejam tomadas as medidas cabíveis”, disse. Até o momento não se sabe quais rotas eram para ser seguidas e quais comunidades deveriam ser beneficiadas com o abastecimento.
Segundo os militares, os aparelhos eram usados como forma de fraudar o programa administrado pelo Exército Brasileiro, fazendo percursos simulados, como se os caminhões estivessem circulando e realizando coletas e entrega de água potável. De acordo com a polícia, o serviço é pago por quilometragem rodada. 
Por se tratar de um programa federal, os casos devem seguir para a Justiça Federal.
Conteúdo: Iguatu.Net

TV Portal