TV Portal

PV de cara nova - Estádio deve reabrir com jogo do Ceará contra o Boa Esporte

Estádio tem visita do prefeito Roberto Cláudio, que anunciou a entrega do último laudo para sexta-feira (12). Reforma custou cerca de R$ 1,5 milhão



Fotos: Reprodução Facebook Roberto Cláudio
Estádio Presidente Vargas pode reabrir na próxima terça-feira (16), em partida do Ceará contra o Boa Esporte, pela Série B do Campeonato Brasileiro. A possibilidade foi cogitada em visita de inspeção que contou com a presença do prefeito Roberto Cláudio. Na próxima sexta-feira (12), será entregue o último relatório que atende às demandas que estavam pendentes e o equipamento será então liberado para jogos. Por isso, há a possibilidade de que o primeiro jogo da reabertura seja o primeiro do Alvinegro de Porangabuçu em casa.


A Prefeitura de Fortaleza concluiu as obras de adequações técnicas, de segurança e de acessibilidade do estádio Presidente Vargas, cumprindo as novas exigências do Ministério do Esporte, com base no Estatuto do Torcedor. A reforma, que começou em fevereiro deste ano, custou aproximadamente R$ 1,5 milhão, com adaptações na acessibilidade dos torcedores com a setorização das arquibancadas, instalação de corrimãos, além de substituição de pisos nas áreas de lanchonetes, vestiários e banheiros.
A ampliação das áreas de circulação das arquibancadas passaram de 1,20m para 2,40m de largura nos corredores de acesso aos assentos, promovendo maiores espaços para a circulação de torcedores, principalmente dos cadeirantes e de pessoas com mobilidade reduzida.
- As obras no Estádio Presidente Vargas foram necessárias para garantir toda a segurança necessária dos torcedores e uma nova acessibilidade. Queremos que o PV volte a ser o anfitrião dos campeonatos e vamos continuar com algumas intervenções até outubro - afirmou o prefeito Roberto Cláudio.

O PV passa a contar, pela primeira vez, com uma sala de áudio com sistema completo de sonorização, com instalação de postes com 20 alto-falantes, cada um com potência de 400 watts. Houve ainda melhorias estruturais nas torres de iluminação do campo, com reforço nos suportes e lajes, além da substituição dos refletores com novas lâmpadas. O número de vagas para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida aumentou de 40 para 100.

Globo Esporte/CE