TV Portal

Fortaleza vence o Moto Club na Copa do Nordeste

FOTO: MATEUS DANTAS / O POVO
Com pressão do início ao fim do jogo, o Fortaleza conseguiu, neste domingo, 12, a sua primeira vitória na Copa do Nordeste. No final do jogo, o estreante Zé Carlos colocou o Leão na frente e fez o time respirar no regional. Apesar do resultado por 3 a 2, o técnico Hemerson Maria segue com baixo prestígio frente a torcida. 


Demonstrando ansiedade, o Fortaleza pressionou o Moto Club logo nos primeiros instantes de jogo. Wesley por pouco não abriu o placar antes do primeiro minuto de partida, após cruzamento rasteiro de Gastón. Felipe Dias salvou quase em cima da linha. Depois foi a vez de Gabriel Pereira perder boa chance, após passe de Wesley. 


Os homens de frente do Fortaleza estavam entrosados e ainda contavam com as boas aproximações de Leandro Lima e Pablo. Chutes de fora da área encobriam a meta de Ruan,a todo instante. A ânsia pelo primeiro gol transformou-se em nervosismo, quando Tote cruzou na pequena área e Vinícius Paquetá cabeceou para o gol. Vaias imediatas da torcida. 


Foram seis minutos de angústia, até Leandro Lima cobrar escanteio, Anderson Uchôa cabecear e o goleiro espalmar. No rebote, Lúcio Flávio empurrou para o gol e na comemoração fez gestos de desaprovação às vaias. A situação ficou mais tranquila há dois minutos do intervalo. Gastón fez um lançamento milimétrico para Wesley, que de cabeça marcou o segundo do Leão. 


Quando a bola voltou a rolar, no entanto, a trégua do torcedor só durou 19 minutos. Toni Galego, livre de marcação na área, empatou: 2 a 2. A paciência acabou por completo na cobrança de pênalti desperdiçada por Lúcio Flávio. 


Pressionado, Hemerson Maria decidiu lançar Zé Carlos. E apesar de estar sem o condicionamento ideal, salvou o Fortaleza. Aos 45 minutos do segundo tempo, em chute rasteiro de longe, a bola entrou no canto direito do goleiro Ruan. 


O Castelão explodiu. Na arquibancada e no campo. “Zé do gol” tirou a camisa 88, que homenageia Cléber Santana, e dedicou o gol ao amigo. O cartão amarelo passou despercebido. No apito final, alívio. Menos para Hemerson Maria, que continuou ouvindo a torcida pedir sua saída. 


Com 5 pontos, o Leão é vice-líder do grupo B, atrás do Bahia apenas pelo saldo de gols (um a menos). E entra no returno da primeira fase sem necessitar de resultados obrigatórios. (Brenno Rebouças)
Conteúdo O Povo