Pedra Branca - Voluntários vão ao lixão entregar vale cesta a catadores e se emocionam com a situação

Em cenas vistas somente em reportagens especiais de emissoras de TV, realizadas em grandes centros urbanos deste país, uma equipe de v...

Adolescente cearense desaparece no aeroporto do Rio de Janeiro

Adolescente cearense de 15 anos desaparece no aeroporto do Rio de Janeiro

 Uma adolescente cearense de 15 anos está desaparecida, desde a última quarta-feira (8), quando esperava um voo para Fortaleza noAeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, no Rio de Janeiro. Sarah Neves Mamede sumiu após ir ao banheiro procurar um documento que teria perdido e não voltou mais.

A mãe da jovem, Gecilda Neves, relata que a família estava voltando de Foz do Iguaçu, no Paraná, e  aguardava uma conexão no Rio de Janeiro para Fortaleza. Segundo ela, Sarah estava nervosa e contou que tinha perdido a identidade. “Eu percebi alguma coisa diferente, fiquei observando e teve uma hora que ela sumiu totalmente”, conta.
Gecilda explica que Sarah é adotada e já tinha tentado fugir outras vezes em Fortaleza. A mãe acredita que o desaparecimento da adolescente seja em virtude do processo de rejeição que ela sofreu até ser adotada pela família de Gecilda. “Já é a quarta vez que ela foge, só que era sempre aqui na nossa cidade. É a primeira vez que ela desaparece fora”, diz. 
A jovem estava viajando com os pais. Ao constatarem que a filha tinha desaparecido, o casal registrou boletim de ocorrência no Rio de Janeiro. Gecilda afirma que, após comunicar a Polícia, eles resolveram voltar para Fortaleza, pois ficaram sem saber o que fazer e não conheciam a capital carioca. 
A mãe de Sarah disse que o momento agora, segundo o advogado da família e a própria Polícia, é de guardar as investigações. Ela revela que o marido chegou a voltar ao Rio de Janeiro, mas já retornou novamente para Fortaleza.  
Sarah estava vestida com calça e jaqueta jeans, tênis bege, lenço no pescoço, blusa com um desenho na frente e carregava uma mochila colorida. Segundo Gecilda, dentro da bolsa a adolescente tinha ainda outras poucas peças de roupa, como uma calça vermelha. 
A Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA) pede que quaisquer informações sobre o caso sejam informadas pelas redes sociais da Delegacia ou pelos números (21) 22020338/ 25827129. O Programa SOS Crianças Desaparecidas da Fundação para a Infância e Adolescência também acompanha o caso e solicita que informações sobre Sarah sejam enviadas para os telefones (21) 2286-8337 / 2334-8000 / 98596-5296.
Fonte: Diário do Nordeste 

TV Portal